quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Portal U_topia - Dina Goldstein, vida de princesa não é brinquedo não

kkk



A eterna Bailarina Vermelha mata agente de rir com este canal chamado Rio Festival. Com muito humor, ela mostra a tendência da arte contemporânea de uma maneira bem solta.



Alessandra Colasanti, neste vídeo, mostra o trabalho da artista Dina Goldstein. Vida de Princesa não é brinquedo faz um novo significado das famosas donzelas da Disney pós Conto de Fadas. Veja e garanto que você vai rir muito.



https://www.youtube.com/channel/UCP1oOcL56YY9SY9CuqlFwwQ



Se você quiser conhecer outros, vídeos deste Festival, você não perca esta oportunidade. Grandes nomes incluindo de Letícia Novaes da Banda Letrux estão presentes na parte de música.

Aproveite.

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Espetáculo teatral “ININTERRUPTO” – dica de teatro

Espetáculo teatral “ININTERRUPTO” – dica de teatro





Resultado de imagem para Ininterrupto peça no Café Pequeno



Um assunto sério sendo debatido de uma maneira bem leve. Esta é a peça Interrupto em cartaz no teatro Municipal Café Pequeno. Nossa aventura coemça quando uma executiva sofre insônia pela pressão de ser promovida no trabalho. Muitas confusões acontecem quano ao invés dela tentar fazer tudo certo, ela acaba fazendo tudo errado.



Para aqueeles que não sabem mais a Insônia é considerada um distúbio muito sério e tem vitimizado milhares de pessoas a todo ano. Esse problema surge por inúmeros fatores como perda de um ente querido, stress, depressão dentre outros fatores. Ela já é considerada uma doença contemporânea que aflige pessoas de todas as idades que moram em grndes eontros urbanos.



O texto é de Dani Rougemont, O elenco é formado por Eric Polly, Bruno Quaresma, Michele Cosendey, Rosa Iranzo e Wigberto Jr. (teclado). A direção fica com Marcela Rodrigues.


Teatro Municipal Café Pequeno. Sextas, sábados e Domingos às 20 horas. Até 25 de novembro. 

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Nerium Park


 Um casal e um dilema: viver em um prédio onde só eles são os moradores. Uma situação bastante difícil! Ainda mais quando ele esta de desempregado e convida um morador de rua de nome Sergio para visitar o apartamento. Ela é quem sustenta a casa e começa a ter um estranho comportamento de perseguição. O espetáculo é um convite para descobrir os mistérios desse condomínio que esconde muitos segredos. Um Thriller para aqueles que doram um bom mistério. O final é tão surpreendente quanto o início. 

Nerium Park é uma peça escrita por Josep Maria Miró. A Direção foi feita por Rodrigo Portella. Rafael Baronesi e Pri Helena são o casal da peça.  Miró é um dramaturgo catão que fez muito sucesso nos palcos da America Latina. Não conhecia este escritor. Logo de cara, amei a peça e quero ver mais coisas sobre ele.

Se você quer ver a peça anote aí. Teatro Dulcina Sextas,sábados e Domingo 19 horas. Curta temporada. Vai até o dia 2 de dezembro. 




sábado, 10 de novembro de 2018

Ícaro

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e close-up

O Palco é nú. As luzes o iluminam e dão o tom a peça e aos seis personagens tetraplégicos. Um ator cadeirante dá vida para todos eles. Muitos vão achar que o espetáculo é monótono mas devo dizer uma coisa: O ator Luciano Mallmann  não apenas dá vida para eles mas dá um par de asas. As vozes deles são ouvidas neste monólogo que aborda temas como eutanásia, oportunidades, gravidez para pessoas tetraplégicas dentre outros.

Ícaro (nome muito bem pensado) é um monólogo maravilhoso. quando você sai do teatro você não apenas se emociona com as histórias, você pensa e dá mais valor para a vida. Tanta gente reclamando que as contas estão atrasadas, que o Bolsonaro foi eleito e que foi multado dentre tantos probelmas. Acho que devo convidar esse tipo de gente para ver a peça.

Teatro Poeirinha sextas e sábados 21 horas e domingos às 19 horas. A direção fica com Liane Venturella



sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Top 10 o 1 é o melhor.


Uma imagem que seja única em outras palavras, sua favorita. Em muitos casos de filmes com continuações , não são os melhores. Apenas o 1. Neste caso, vamos ao que interessa. O top 10 de que o primeiro filme é o melhor. Traduzindo, o 1 é o melhor. 

1) O Poderoso Chefão

O início da saga da Família Corleonne. Marlon Brando é Vito Corleonne e ele é um mafioso que pensa no bem da família comandando o crime organizado na cidade de Nova York. Para mim, o melhor filme da saga.  

2) Tubarão

Se você gosta de monstros perseguindo pessoas, esse é o seu filme. O bicho mais famoso do mundo sob a ótica de Steven Spielberg. Nele, um turbarão ataca banhistas em pleno verão norte americano. 

3) Superman, o filme (1978)

Com roteiro de Mario Puzo e música de John Williams, o filme conta a história do homem de aço. Desde a explosão do Planeta Kripton até sua luta contra o terrível Lex Luthor. 




4) Psicose

O Clássico filme de Alfred Hichcock não poderia estar de fora. A trilha sonora fica com Bernard Hermman. A história da famosa moça que se sentindo assediada por um homem foge com o dinheiro dele e tem um trágico fim no chuveiro. Quem não se apovorou com a cena do chuveiro, esta mentindo.



5) Legalmente Loira

Vamos sair um pouco dos clássicos para colocar um filme mais recente. Legalmente Loira conta a história Elle. Uma menina mimada que leva um chute no traseiro do namorado. Para reconquista-lo, ela vai fazer direito na Havard, mesma Universidade do ex.

6) Star Wars. Episódio 4, Uma Nova Esperança.

Antigamente chamado de Guerra nas Estrelas. Bom todos conhecem como o primeiro filme da saga onde Luke Skywalker vai salvar a Princesa Leia das garras do temível Darth Veader. 

7) Homem Aranha

Tobey Maguire é ,para mim, o melhor Homem Aranha. Neste filme, Peter Parker conta sua história de como conseguiu seus super poderes e se tornou em um super herói.

8) 2001, Uma Odisseia no Espaço. 

Stanley Kubrick nos presenteou com um filme maravilhoso sobre um misterioso Plano Negro em que simboliza o conhecimento. Uma combinação de cores e imagens faz desse filme um clássico. ou Cult Movie.

9) Jornada nas Estrelas (1977)

A Aventura Humana apenas começou. Foi assim que foi o final do filme do Capitão Kirk ou melhor Almirante Kirk tinha encerrado. Neste filme, a tripulação da nave Enterprise tem que deter uma misteriosa Sonda que anda destruindo naves e se arruma para a Terra.

10) Ninfomaníaca I

Para mim, este é o melhor dos dois filmes. Uma misteriosa mulher receberá ajuda de um estranho e daí ela irá contar suas histórias mais nefastas para ele. Dirigido por Lars Von Trier, este filme, os atores fazem sexo explícito. Muito bom para quem tem nervos de aço.


ATÉ A PRÓXIMA CAMARADAS. 

PS: O 1 É O MELHOR

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Festival do Rio. A Casa que Jack construiu


A CASA QUE JACK CONSTRUIU. UM FILME DE LARS VON TRIER. 

Tarde de ontem: o cinema bombando para ver o filme A Casa que Jack construiu o qual foi dirigido pelo polêmico e sensacional Lars Von Trier. No elenco dois atores nota 10: Matt Dillon e Bruno Ganz. Se você tem nervos de aço, esse filme é para você. Ele conta a história de Jack, um psicopata que sofre de TOC ( Transtorno Obsessivo Compulsivo). Ele tem um amigo imaginário chamado Virgílio. Em 5 atos, crimes são feitos por este serial killer que gosta de por os corpos de suas vítimas em um antigo freezer para conservar pizza.

O filme mostra de uma forma bem sangrenta , como um psicopta age. O maníaco faz cara de bom moço mas quando ele ataca, não pensa duas vezes. Este Jack seria a personificação do famoso assassino Jack, o Estripador e Dante que ao lado de Virgílio conhece o Inferno.



terça-feira, 6 de novembro de 2018

O Brasil segundo um astrólogo


Bem, Jair Bolsonaro é nosso novo presidente. Quando ele ganhou, pensei em escrever um post sobre isso. Porém, dias atrás, um grande amigo meu que além de psicólogo é astrólogo, fez um post bem bacana na página dele. Leonardo Alvim Correa fez um mapa astral sobre o Brasil. O resultado foi esse.

Nenhum texto alternativo automático disponível.


Dedo na ferida/ Política: Chamado ao despertamento


Acho que merecíamos um panorama político melhor do que esse. Não tivemos, no entanto, como maioria, conscientização para escolher algo diferente. De um lado, um candidato da extrema direita; despreparado, reacionário, tosco, tacanho, que quer resolver tudo a ferro e fogo. Um homem sem sensibilidade social, que não respeita a humanidade e a diferença das pessoas. Quer atacar o efeito, sem cuidar das causas. Com um discurso raso, foi ascendendo nas intenções de voto com retóricas e frases de efeito, que ele sabia que encontraria eco na parcela machista e conservadora da população.
De outro lado, temos um candidato que até aparentemente é bem intencionado, estudado, professor, etc., mas que tem atrás de si um partido que protagonizou um dos maiores escândalos de corrupção do planeta. Governo populista, trouxe, é verdade, uma série de benesses sociais ao povo, mas enquanto dava com uma mão, tirava com a outra. E achava isso normal. Seu principal líder, hoje preso, não hesitou em lançar ao fogo seus principais companheiros de partido, quando as falcatruas começaram a vir à tona. Adotou o tempo todo um discurso de negação, nunca sabia de nada, e fomentou o tempo todo a polaridade, a ideia do “ nós contra eles”. Era sempre o perseguido, o injustiçado, o inocente traído por tudo e por todos. Sua prisão, a meu ver, em parte foi injusta, uma manobra para tirá-lo da disputa presidencial. Mas quem semeia vento, colhe tempestade. Justamente pelo fato das elites econômicas nunca terem gostado do fato de um operário ter chegado à Presidência da República, é que seu partido não deveria ter feito o que fez. Tiveram o Congresso na mão, a faca e o queijo, mas acabaram fazendo mau uso do poder. Nunca fizeram uma autocrítica e assumiram seus erros, o mínimo que deveriam ter feito era um reconhecimento do acontecido e um pedido de desculpas em rede nacional à nação.
O planeta Saturno, sentado no signo de seu trono, o Capricórnio, transita pela décima primeira casa do mapa da Independência do Brasil, casa essa que rege, no mapa astrológico de um país, o Congresso Nacional. A população deu um recado claro nas urnas. A Reforma Política, neglicenciada pelos políticos, começou a ser feita pelo povo. Velhos caciques e conhecidos foram banidos. A faxina começou. Saturno representa os limites e está inspirando esse processo de dar um basta à velha política brasileira.
Nesse momento muita coisa está sendo revelada, tanto a nível micro quanto macro político. Mulheres que vivem casadas há anos com homens que consideravam tão bonzinhos e pacíficos, estão descobrindo as facetas violentas e machistas desses mesmos homens. E o contrário também está acontecendo, o machismo e a intolerância de certas mulheres está sendo revelado. É assim mesmo, é o processo. Não há cura sem dor. Não se faz omeletes sem quebrar ovos.
Com Júpiter transitando pelo signo de escorpião, o meio termo é desconhecido, a hipocrisia é desmascarada e a verdade vem à tona, doa a quem doer. O tumor está vindo à superfície pra ser eliminado. E Júpiter transita justamente pelo Meio do Céu do mapa do Brasil, a décima casa, correspondente ao Poder Executivo. Somente passando por essa depuração e estando o máximo possível consciente disso, é que o País volta a crescer quando Júpiter entrar no próximo signo, o Sagitário. Isso acontecerá mês que vem, no dia 9 de Novembro. Estamos no finalzinho desse processo, por isso ele está tão intenso.
O brasileiro médio é conservador. Isto é evidenciado no mapa da Independência por Saturno em Touro e Urano em Capricórnio, ambos regentes do Ascendente Aquário. As revoluções que aqui acontecem tendem à uma tonalidade conservadora, à restauração da “ordem e da moral”. Como Urano transita pelo signo de Touro no momento ( outro signo do elemento Terra, conservador), é isso que estamos presenciando, uma “revolução” radical conservadora da extrema direita. Toda a configuração astrológica atual confirma esse fato (Saturno e Plutão em Capricórnio, Urano em Touro e Júpiter em Escorpião, este último, como vimos, é um signo dado a extremos, tudo ou nada).
Potencialmente, Plutão em Capricórnio significa o lento e profundo declínio das velhas estruturas de poder, baseadas no conservadorismo e no patriarcado. Saturno em Capricórnio, significa a foice que vai cortando, implacavelmente, o que não serve mais e aponta também para uma inadiável necessidade de amadurecimento. Urano em Touro, revisões e novos horizontes mais abertos nas relações econômicas, inclusive envolvendo o conceito de terras e propriedades, e também nas relações afetivo sexuais. Infelizmente aqui no Brasil, devido ao nível de consciência de boa parte da população e dos políticos, esses conteúdos ainda não estão sendo vivenciados em toda a sua potencialidade e o que estamos vendo de forma majoritária é o recrudescimento dos costumes, do conceito de propriedade privada e uma enorme onda de conservadorismo.
Tivéssemos em outro nível de consciência, durante o período em que Urano estiver transitando por Touro, os próximos sete anos, seria um momento muito auspicioso para a implantação da Reforma Agrária. Não aconteceu e sinceramente nem acho que vai acontecer. Pelo menos tão cedo. Na prática, o que se viu foi a Reforma Trabalhista e a retirada de direitos do trabalhador. Podem, e tomara que sim, aumentar por parte dos cidadãos as iniciativas de construção de ecovilas e comunidades alternativas, onde novos sistemas de relacionamentos, trocas e valores são implantados.
Nenhum dos dois candidatos apresentou, por exemplo, um Plano Nacional de Educação. Bolsonaro é um “mito” construído , inclusive pela própria esquerda, que não cansa de dar ibope a ele. Conseguiu que falassem dele o tempo todo, seja contra ou a favor, e vejam só no que deu. Vota-se por medo do outro,mais por exclusão do que por inclusão. Há pouca afirmação de propostas reais, sólidas, alternativas e viáveis. Tenho pena dos menos favorecidos, sempre a pagar mais caro a conta de toda essa falácia.
Se observarmos com atenção ,veremos que estamos sempre entre dois lados da mesma moeda, alimentando um modelo de sistema político representativo corrupto e falido, onde o que os eleitos menos fazem é nos representar. No fundo, o mesmo fanatismo, as mesmas mentiras, o mesmo projeto de poder. Interessa a esse Sistema que nós, o povo, estejamos sempre divididos e polarizados, acreditando nas histórias e desculpas contadas pelos políticos e que apenas com o ato do voto estamos realizando grandes mudanças. Povo iludido é povo enfraquecido e fácil de ser dominado.
Netuno transita pelo signo de Peixes e ficará nesse signo até mais ou menos 2026. No momento, está a 14 graus desse signo, fazendo oposição exata ao Sol do mapa do Brasil. Netuno é o planeta das ilusões e idealizações e continuamos, em maioria, a buscar o mito do Salvador da Pátria. Um homem forte que vai solucionar magicamente todos os problemas do país. Tanto Bolsonaro quanto Lula ( Haddad) encarnam esses mitos. Seres perfeitos, heróis intocáveis...Quando vamos acordar dessa ilusão, nos conscientizarmos de nossa participação em tudo o que acontece e buscarmos soluções mais diretas enquanto coletividade? Estamos apenas repetindo velhos filmes. O velho travestido de novo. A oposição entre Netuno e o Sol do Brasil dura ainda uns dois anos e meio, por aí. Depois disso, será que a gente desperta?
O inimigo está mais dentro do que fora, ele é fruto da nossa própria inconsciência e teimosia. Abrir mão de nossas velhas e arraigadas crenças dói ao ego, parece que perdemos a identidade e o sentido. Mas a revisão e reinvenção fazem-se urgentes e necessárias. Quebrar paradigmas e adotar novas práticas. A realidade está aí pra provar isso. Não adianta tapar o sol com a peneira, querer soluções desesperadas. Tudo passa primeiramente por um profundo exame de consciência. Que possamos caminhar no sentido dessa conscientização e de uma Democracia Direta, onde sejamos cada vez mais protagonistas e não vassalos da classe política. Eles existem para servir à população, e não o contrário, como vem acontecendo.
Na imagem, está o mapa da Independência com os respectivos trânsitos planetários do momento.
Por: Leonardo Alvim- Astrólogo/Psicólogo
Para marcação de consultas, enviar email para: correa.leonardo@yahoo.com.br ou ligar/ mandar mensagem para o telefone/ zap: 21 98194-7818


segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Festival do Rio 2018. Filme Museu


Esta semana começou mais um Festival do Rio de Cinema. O evento esta acontecendo em diversos pontos da cidade e promete novidades. Para começar com pé direito, consegui ver um filme. Museu é um filme estrelado por Gael Garcia Bernal e conta a história de dois jovens que fazem um roubo no Museu de Arqueologia no México. Inspirado em fatos reais, o filme é uma mistura de drama, suspense e comédia. O final é muito imprevisível. Se você gosta de filmes desse tipo, então você não pode perdê-lo. 




Nota: Mais uma vez, venho repudiar a posição da Prefeitura do Rio de Janeiro em não incentivar um evento como este. Com muito esforço, os organizadores conseguiram organizar e estão trazendo filmes maravilhosos como este. Mais títulos estão neste evento com diretores maravilhosos, dentre eles Lars Von Trier. Senhor Crivella, sei que o senhor é muito ocupado gerando emprego para os cariocas, mas arte também emprega e dá oportunidade direta ou indiretamente. Portanto, se quer se reeleger ou se candidatar a governador, pense nisso. 

sábado, 3 de novembro de 2018

Só Ponta | Oficina de ponta com Giselda Fernandes

A imagem pode conter: texto


Atenção. Este não é um curso de balé ou para dançarinos clássicos. 


O Dança Viral continua e nos dias 1 e 2 de novembro, eu estive na Oficina ministrada por Giselda Fernandes. Só Ponta foi uma experiência fantástica. A Professora que ministrou esta oficina aceitou um grupo que não só faz dança mas também atua ou não artistas. Os resultados desses dois dias foi de muito espanto. O trabalho de ponta fez com que os participantes tivessem maior concentração além de trabalho corporal intenso. Por apensa uma hora, aprendi que o corpo fala e tem memória, Não é tarde ficar na ponta e por último que o verdadeiro movimento surge dentro da pessoa.

https://www.facebook.com/Dan%C3%A7a-Viral-Temporada-de-Encontros-423514538053786/

Se você ficou interessado, procure o grupo na fan page. Eles têm mais oficina além de espetáculos no Teatro Cacilda Becker. 

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Homenageada do mês de novembro Rose Abdallah


2018 é um ano especial para Rose Abdallah. Estreou seu primeiro monólogo Eu só queria que você não olhasse para trás e continua firme e forte com as leituras dramatizadas no Gabinete de Leitura Guilherme Araújo. Nada mais justo que ela seja a homenageada do mês de novembro. Por sinal, este mês, ela pretende voltar aos palcos com o seu monólogo.

Bem, mais novidades e surpresas nos aguardam neste final de ano.

Coming Soon.

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Vernissage Era uma vez um tesão


Hoje é a Vernissage da Artista Jota Carneiro. Era uma vez um tesão é a proposta deste talento aqui no La Cucaracha. 

São desenhos bem bacanas e muito ousados. O tema é a sexualidade feminina. Vai até dia 15 de novembro a exposição e Você não pode perder. Veja e compre um zine ou reprodução dos trabalhos dela.




La Cucaracha fica na Rua Teixeira de Melo 31-i

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Dança Viral

A imagem pode conter: texto


Este fim de semana, ccomeçou o Dança Viral. Duas performances coroaram a noite de sábado (dia em que fui).

Giselda Fernandes com 'Redes' convida Lídia Larangeira com o solo 'Brinquedos para esquecer ou práticas de levante'. 

Joana Camelier foi a  convidada para conversa sobre os espetáculos. Joana é psicóloga. 
Redes: estamos em obras | Giselda Fernandes

Na coreografia de 40 minutos que compõe a noite, a coreógrafa se utiliza de um material de uso na construção civil para delimitar espaços interditados. Esse material vazado traz novos contornos para os corpos de dois bailarinos sobre sapatilhas de ponta que procuram com ele uma proteção para seus corpos de modo lúdico e poético.
Direção, concepção e coreografia: Giselda Fernandes
Colaborador artístico, cenografia: Hilton Berredo
Bailarinos: Davi Benaion, Giselda Fernandes e Ique Moraes
Criação e operação de Luz: Raphael Cassou
Criação e operação de Som: Gabriel Matriciano e João Mello
Direção Técnica e montagem: Américo Júnior
Assessoria de Imprensa: Vera de Souza
Designer gráfico e mídias digitais: Dávila Pontes
Direção de Produção: Os Dois Produções Artísticas LTDA
Produção Executiva: Mana Lobato
Brinquedos para esquecer ou práticas de levante | Lidia Larangeira 

Brinquedos para esquecer ou práticas de levante é um solo de dança work in progress que não se pode dançar só. A performance é um convite para diferentes gestos de participação entre artista e público.
Trata-se de um tríptico de partes que não estabelecem relações óbvias entre si. Cada fragmento é visto como uma espécie de levante contra a brutalidade de forças como o neoliberalismo, o patriarcado e a heteronormatividade, que insistem em capturar, invisibilizar e esgotar a potência das vidas minoritárias representadas, no trabalho, por brinquedos, roupas e pelo corpo nu da mulher.
Concepção, direção e performance: Lidia Larangeira
Dramaturgista: Sérgio Andrade
Agradecimentos: onucleo, Casa Territórios, Dac-UFrJ, PPGARTs -UERJ

NOTA DO BLOGUEIRO
Ambas as performances mostraram a Multiplicidade do Corpo. Aquilo que ao movimentar, cria algo e se torna uma figura concreta ou abstrata. Ele é um CsO (Corpo sem Orgãos). Um devir contínuo que provoca diferentes sensações: tanto pode ser de desejo como de mal estar. A arte não necessariamente é bela. Ela é rebelde e em alguns casos feia. Mas artista contam mentiras para dizerem a verdade. 

Tem mais pessoal. Semana que vem, 19 horas. Sextas, sábados e domingos no Teatro Cacilda Becker. 

Lembrete: dia 1 de novembro. 13 horas. Tem Oficina Só na Ponta. Veja o link aí em baixo. 

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

BAÚ DE FITAS MALIGNAS - ESPECIAL GODZILLA com Marcelo Severo (Parte 2)

Parte 2





Como prometi, esta é a parte II do Programa da Maxine que fala sobre o Godzilla. Para quem gosta de monstros, este é um prato cheio. O entrevistado Marcelo Severo é especializado nos filmes de monstro.



Marcelo além de contar histórias sobre o Godzilla, ele fala qual é o melhor e qual é o pior do monstro mais famoso do mundo.



Não deixe de ver.

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Top 10 de filmes para psicólogos verem


Atendendo a um pedido especial, resolvi fazer o top 10 de filmes para psicólogos verem. São filmes que foram recomendados para eu ver durante minha faculdade de psicologia e outros foram filmes por conta própria.

1) Ofélia na Praia.

Mesmo sendo um curta metragem que fiz, recomendo que todos os psicólogos assistam esse filme. Ele é inspirado em um dos textos do Sigmund Freud Luto e Melancolia. No curta protagonizado por mim e por Hissa de Urkiola,  contamos sobre o encontro de Freud com Ofélia de Hamlet.


2) Freud, Além da Alma. 

Montgomery Cliff é Sigmund Freud. Ele é um filme preto e branco que conta a história dos estudos do pai da psicanálise em relação a histeria. Eles englodam o Narcisismo, o Complexo de Édipo e a Sexualidade Infantil.  

3) Bicho de Sete Cabeças

Um dos filmes que vi na Faculdade de Psicologia, ele é inspirado no livro Canto dos Malditos de Austregélino Carrano. Ele conta sobre a internação a força de um jovem viciado em Maconha. O filme foi protagonizado por Rodrigo Santoro. 

4) Requiem para um sonho. 

Este filme é para quem tem nervos de aço. Ele conta a história de uma Dona de Casa que é convidada a participar de um programa de TV. Ela tem um lindo vestido porém ele esta pequeno nela. Esta pacata senhora irá fazer abuso de anfetamina na esperança de emagrecer.

5) Temple Grandin.

O filme é inspirado na história de uma mulher autista que se tornou em uma das mais respeitadas agrônomas dos Estados Unidos. O filme é um bom estudo para quem quer estudar os casos de autismo.

6) Dragão Vermelho

Este é um filme de suspense nota 10 onde o ator Anthony Hopkins dá vida ao temível doutor psicopata Hannibal Lecter. Ele conta a história de sua captura por Will Graham. Porém Will (Edward Norton) irá atrás de um outro assassino. Um homem que se alto denomina o Dragão Vermelho. Ele é interessante porque ele mostra a diferença entre um psicopata e um psicótico.

7) Garota Interrompida. 

Este é filme é conta a história de uma jovem que sofre de Boderline. Ela é internada em uma clínica para jovens problemáticas. O interessante desse filme é que ele conta como foi os dias que ela esteve internada bem como sua recuperação.

8) Holocausto Brasileiro.

Este filme é um documentário onde conta uma história de pessoas que foram internadas a força em um manicômio mineiro que na verdade era um campo de concentração pós guerra. Neste local, muitas pessoas morreram de frio, de fome e de doenças contagiosas. Um ótimo filme para quem é contra o manicômio.

9) Gente como a Gente

Este é um filme que fala sobre perda. Nele, vemos um jovem se tratando com o psicólogo que o tenta ajudar a sair de um processo de luto por uma terrível perda. O filme é protagonizado por Donald Sutherland. 

10) O Gabinete de Doutor Galigari

Mesmo sendo do Impressionismo Alemão, este filme é maravilhoso. Ele conta a história de um hipnotizador que chega a uma determinada cidade holandesa acompanhado de um sonâmbulo de nome Cezar. Durante a noite, Cezar perambula pela cidadezinha executando tarefas macabras por ordem de seu mestre.


ESTA É A LISTA. SEI QUE TEM MUITOS FILMES SOBRE PSICOLOGIA E PSICANÁLISE. MAS FICA POR ENQUANTO ESTE TOP 10. 

ATÉ A PRÓXIMA CAMARADAS

PS

FREUD EXPLICA!


quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Solidão, que nada



Imagine uma mulher que vive sozinha em casa, quando surge uma visita inesperada. Esta pessoa, você nunca viu na vida. Solidão, que nada é uma peça estrelada com a eterna musa do Zorra Total Luciana Coutinho. 

Ela é uma comédia e traz a tona um tema bem impertinente: a barra de se viver sozinho. Pois é,  ninguém quer viver só,  principalmente quando se tem mais de 40 anos.  Com isso, temos uma profunda reflexão sobre os dias de hoje. Será que vale a pena viver sozinho? Será que para ser feliz é necessário ter alguém?

Terças e Quartas-feiras,  ás 19 horas no Porão da Casa de Cultura Laura Alvim. só neste mês de outubro

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Cia Gente completa 6 anos

A imagem pode conter: texto

Na semana passada, houve uma grande festa. A Cia Gente completou 6 anos de existência. O Grupo fez vários workshops e terminou com a encenação do espetáculo de dança Brutal no Teatro Cacilda Becker. Os bailarinos fizeram uma performance bastante impactante. Eles dançavam as várias formas de se praticar a violência.  Em outras palavras,  chamar a atenção para algo que incomoda os brasileiros nos dias de hoje:  banalidade do mal!

Queria dar os parabéns a todos os performers que fizeram a última noite ser um tremendo sucesso. Um show para não se esquecer. Queria dar destaque  única menina do grupo. O nome dela é Amanda Gouveia. Teve uma hora do espetáculo que ela era uma espécie de "saco de pancada" dos homens. Minha vontade era de salvá-la mas não queria interromper o espetáculo. 

Mas brincadeiras a parte, queria dar meus parabéns também ao diretor Paulo Azevedo. Foi uma direção maravilhosa. 

QUE VENHA MAIS 6 ANOS!


sábado, 20 de outubro de 2018

Lucélia Santos | Persona em Foco | 17/10/2018

uau



Este é o programa do Persona em Foco que eu participei como plateia. Lucélia Santos além de grande atriz, é uma pessoa admirável. Amei conhece-la. Finalmente, esta online o vídeo. Desde já agradeço ao TV Cultura por este maravilhoso programa



Persona em Foco é voltado para pessoas como você que é ator ou atriz. Vale a pena ver e compartilhar


quinta-feira, 18 de outubro de 2018

'La vita in comune' di Edoardo Winspeare ( A Vida em Família)

Mama mia.



Pati é um homem que é preso por assalto a mão armada. Em seu tempo na prisão, o Prefeito de sua cidade se torna seu professor de poesia. Com estas lições, Pati se torna em um poeta. Ao sair da cadeia, este ex-presidiário vai transformar a vida das pessoas da noite para o dia.



O filme dirigido por Edoardo Winspeare é uma poesia. Apesar de ser um drama, ele tem cenas muito engraçadas e fazem o espectador morrer de rir. Posso definir esta obra como uma espécie de inspiração onde como pequenos gestos podem transformar a vida de uma pessoa de ruim para melhor. Se você esta cabisbaixo e quer uma resposta para seus problemas, assisita o filme.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Eu SÓ queria que você não olhasse para o lado


Direção de Guta Stresser e atuação nota 10 de Rose Abdallah,  a peça conta a história de uma mulher que ama doentiamente seu ex-marido. No tempo em que estavam casados, ela apresentou um comportamento cercado de ciúmes.

Este é um tipo caso obsessivo compulsivo patológico que leva muitas mulheres para a terapia ou para grupos de ajuda como o MADA (Mulheres que amam demais). São casos muito graves que se não houver  terapia, pode levar a solidão e em alguns casos ao suicídio.

Anota aí : Teatro Sérgio Porto. Sextas, sábados 19 horas é Domingos às 18 horas. Lembrete: este é o último fim de semana. 


sábado, 13 de outubro de 2018

Camille Claudel, uma mulher

A imagem pode conter: 1 pessoa, árvore, planta, atividades ao ar livre e natureza


Mais de 10 anos depois da primeira encenação, Sandra Calaça volta a encenar Camille Claudel, uma mulher. Isto ao lado da filha de apenas 5 anos. Mãe e Filha contam a trajetória desta grande artista que fez muito sucesso como escultora porém passou os últimos dias de anos dela em um asilo para alienados.

A peça que teve a ajuda do maridão Cristiano Gonçalves e de Maria Rita Rezende do Teatro de Roda teve a casa cheia. Um espetáculo que defende a luta anti manicomial bem como o descaso das autoridades com a cultura, faz com que a luta de Camile seja a nossa luta por dias melhores.

O espetáculo esta no Porão da Casa de cultura Laura Alvim no Porão. Hoje será às 19 horas e domingo 18 horas. Curta Temporada.















Maria Rita Rezende e Sandra Calaça fazem uma parceria nota 10.

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Novo Balanço das entrevistas

Pois é

Esperei a lista definitiva de candidatos eleitos sair. O que constatei é que dos 7 que entrevistei, NENHUM ENTROU. Isso mesmo que vocês estão lendo.

O Mais Acessado e o mais comentado para Deputado Federal: Sérgio Weydt


Ele foi o mais acessado dos 3 candidatos para Deputado Federal e o mais comentado. Foram mais de 2.000 visualizações e 4 comentários. Todos Positivos!

O segundo mais acessado de candidatos para deputado federal: Reimont


Ele foi o segundo mais acessado. O Candidato do PT mesmo não tendo tido comentários, tirou o segundo lugar. 

Deputado Estadual mais acessado: Marcelo Queiroz.


Ele foi o mais acessado entre os candidatos. Teve também o maior número de comentários. Todos Positivos também. 

Segundo Lugar: Iara Roccha



A Comunista do PC do B foi a segunda mais acessada. Ela também foi a primeira a ser entrevistada. Mesmo não tendo comentários, ela tirou a medalha de prata.

NOTA DO BLOGUEIRO:

Estou vendo que é uma eleição muito polarizada. Todos os candidatos defenderam suas propostas bem como seus pontos de vista. Não é fácil trabalhar com a política muito menos entende-la. A grande lição que fica nesta série de entrevista é o que muitas pessoas falam: pesquise melhor os candidatos. Vejam qual é a melhor proposta deles.

Obrigado a todos os candidatos em especial as pessoas que me deram os contatos deles: Reinaldo Gallo, Maria Rita Rezende, Sandra Calaça, Camille dos Anjos, Rosa Soahre e  Os Melhores do Mundo. 

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Depois do Primeiro Turno

Pessoal

Em alguns dias, irei postar o feedback de todos os entrevistados do meu blog. Foram candidatos a deputados federais e estaduais que entrevistei nestes dias. Estou esperando o resultado final dos deputados que realmente entraram na câmara. Mas para começar, vou fazer um balanço geral.


OS ENTREVISTADOS: 


Comentários: 10


Positivos: Todos

Negativos: Nenhum 

Entrevistados: 7


Candidatos a deputado federal: 3

Candidatos a deputados estaduais: 4

NOTA DO BLOGUEIRO

Foi uma eleição de extremos. Ela irá continuar em alguns Estados e também para Presidente, vai continuar. Estamos em um momento na nossa política bastante complicado. Os candidatos que foram entrevistados aqui, defenderam seu ponto de vista. O que me preocupa é a radicalização. Isso foi evidente não só nas resposta dos candidatos, como na atitude. Não irei falar nomes aqui, por enquanto. Como psicólogo e produtor, fico na expectativa do segundo turno. Se o congresso esta conservador, acredito que leis importantes serão  aprovados a longo prazo ou não serão aprovadas.

domingo, 7 de outubro de 2018

Mulheres no Espaço Rampa



Ontem, 6 de Outubro, estive em um evento de performance e Dança.  Mulheres no Espaço Rampa que aconteceu no Rampa, lugar de criação, foi um acontecimento que teve como fator principal a campanha do Ele não.  Além disso, a performance da palhaça Érica Rodrigues emocionou a plateia com um desempenho que denuncia o Estupro. A Violência esta que vem tirando a paz de muitas mulheres. A cada 11 minutos, uma mulher é estrupada. 

As organizadoras já disseram que haverá mais. Espero que sim.

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Baú de Fitas Malignas da Maxine. Especial Godzilla


Larissa Maxine apresenta um canal bem bacana chamado Baú de Fitas Malignas da Maxine. O canal traz curiosidades sobre filmes de terror, suspense além de mostrar curiosidades de como por exemplo fazer tripas de mentira. Eca!

Neste vídeo por exemplo, ela traz um especialista nos filmes de Godzilla. Seu nome é Marcelo Severo. Este estudioso em filmes do monstro japonês traz curiosidades sobre a criatura que conquistou o mundo!

Estou louco para ver o próximo vídeo que tem a segunda parte. Vou colocar no blog.


quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Beijou Casou!

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e multidão

Estive na estreia da peça. Casa lotada. Beijou, Casou mostra a divertida saga de Gorete, uma jovem que vem do Nordeste para trabalhar no Rio de Janeiro. Na sua família, existe uma espécie de maldição. Aquele que deixar os lábios da moça da família, casa logo. Isso mesmo, nossa heroína não casa uma vez...mas várias vezes.

O divertido dessa peça é que ela é uma grande brincadeira onde os mitos são misturados com elementos da dura realidade.  Vá para peça não achando em que você irá beijar e se casar. Vá para rir muito das trapalhadas dessa guerreira nordestina.

A produção do espetáculo é de Kyra Kahu. No elenco estão Natalia Lima, Katia Vargas e grande elenco.

Dia 9 de outubro será o último dia. Shopping da Gávea. Teatro Vannucci. 

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, texto

terça-feira, 2 de outubro de 2018

Entrevista ao Candidato a Deputado Federal Allan Caldas


O Terceiro Candidato a Deputado Federal a ser entrevistado pela Bauhaus Cultural é Allan Caldas. Ele é do PSD-RJ. Antes de se candidatar, ele é jornalista e blogueiro.


1) Porque quer ser candidatos?

Sou candidato porque tenho sensibilidade social e quero ajudar a melhorar a nossa sociedade.
Não é possível um país com gente de tanta capacidade, ser tão mal aproveitado. Temos muitas
demandas para resolver e eu decidi parar de reclamar porque quero fazer parte da solução.

2) Quais são seus projetos para a área de cultura ?

Muita gente pensa que cultura é aquele Folclore e aquelas temáticas que pouca gente se interessa.

Cultura é um mercado bilionário, que produz conteúdo relevante para nossa sociedade tanto para entretenimento quanto para levar educação. O Brasil é um grande produtor cultural e devemos ter políticas públicas voltadas para o incentivo à cultura de forma a privilegiar novos talentos e trazer condições mais favoráveis aos que iniciam.

Muita gente acha que produção cultural é algo que deve se pagar ou que deve dar lucro. Eu faço uma comparação com a educação: Quando se constrói uma escola, paga-se professores e os gastos com toda a máquina. Todo esse gasto não foi feito para o lucro. Portanto, devemos pensar em cultura não como um gasto, mas como um incentivo ao desenvolvimento humano para um maior alcance de sensibilidade social. Como formaremos a opinião de nossas futuras gerações sem a produção cultural? Alguns sociólogos dizem que somos fruto do meio. Portanto, é a produção cultural que vai gerar as futuras opiniões e enriquecer nossas gerações.

3) Muitos Partidos apóiam Bolsonaro. Você apóia um Homem que diz que vai acabar com o Ministério da Cultura?

A questão que devemos discutir não é se o Ministério da Cultura vai acabar ou não. Mas o custo que cada Ministério tem para o Brasil. Existe um orçamento limitado e muitas prioridades. Temos que incentivar a cultura no Brasil de forma honesta, razoável e com economia de recursos. Não essa farra que existia na Lei Rouanet que claramente dava dinheiro para ideologias partidárias ou artistas renomados. Precisamos definir regras claras de como o dinheiro da cultura deve ser aplicado.

4) Vi que você trabalha com Internet. O que você acha dela nos dias de Hoje?

Hoje em dia o que leva educação é a internet e a produção audiovisual, infelizmente, obras literárias estão perdendo espaço em nosso acervo cultural. Temos uma sociedade cada vez mais dinâmica e apressada. Um texto longo dificilmente terá tanta audiência quanto um vídeo publicado. Temáticas complexas que levam tempo para explicar também exigem obras audiovisuais longas. E cada vez mais será difícil achar novos escritores. Portanto acho que temos que priorizar o que leva educação que é a Internet e suas plataformas de conteúdo como: Youtube, Facebook, Vimeo.

5) Você gosta do Cinema Brasileiro?

Adoro o cinema Brasileiro, acho que devia existir mais adesão no exterior para a exposição e reprodução de nossas obras. Exportar mais é o caminho. Internamente acho que já está bem consolidado o mercado e a produção de conteúdo. Exceto as dificuldades normais que existem no Brasil: “O chamado Custo Brasil”.

6) Qual a mensagem que você quer deixar para o Bauhaus Cultural

Você que é leitor do Bauhaus Cultural, gostaria de lhe pedir seu voto. Temos um Brasil com muitas injustiças e precisamos de pessoas realmente interessadas em mudar para melhor. Vivemos um momento de extremismos e gostaria de me apresentar como uma terceira via para unir diversos lados. Em 2018 me apresento como Candidato a Deputado Federal e gostaria de pedir a você uma chance, uma oportunidade para fazer diferente e mostrar que o Brasil pode mais. Abaixo listo algumas perguntas difíceis e a minha forma de pensar:

·       Aborto: “Sou contra e sempre serei. Mas não tenho direito de decidir como uma mulher deve tratar seu corpo. Essa decisão deve ser sempre dela. Vou apoiar o que ela escolher.”

·       Homofobia: Um absurdo existir pré-conceito e violência com pessoas que escolhem a forma como vão se relacionar. O amor se expressa de várias maneiras e não existem limites para isso. Porém, temos que tomar cuidado com a forma como levamos isso para nossas crianças, não levando de forma precoce algo que somente se escolhe quando adulto ou adolescente. Vamos respeitar o tempo natural delas e as suas próprias vontades. Portanto ser neutro ao falar de sexualidade para crianças é importante.

·       Racismo: Acho com sinceridade que o que existe no Brasil não é racismo por questões da cor de pele (Somos muito miscigenados para isso), mais sim por questões sociais. O preconceito é para quem é pobre mesmo. E vem de todos os lados o preconceito. Porque não há inclusão social e existe uma diferença social muito grande em nosso país. Quando igualarmos um pouco isso acho que diminui ou acaba essa questão.

·       Igualdade de Gênero: Historicamente existe e sempre vai existir uma diferença entre homens e mulheres no mercado de trabalho e em diversos outros setores da sociedade. Simplesmente pelo fato de que a mulher acaba de forma natural concentrando sua atenção em criar os filhos. Porém temos a incumbência na sociedade de equilibrar essa diferença com leis e garantias que permitam que as mulheres estejam inseridas em todos os aspectos da sociedade. Como a justiça, política, serviço publico e demais profissões.

·       Maioridade Penal: Sou plenamente a favor da redução da maioridade penal, no Brasil infelizmente vivemos num país com muita injustiça e uma juventude muito precoce em suas ações.

·       Desarmamento: Não gostaria de ser a favor, mas tenho que ser na atual situação. Porém acho que a sociedade somente pode se armar quando existe penas mais duras para crimes dolosos contra a vida. Possuir uma arma é uma decisão muito séria que deve vir acompanhada de uma pena muito dura para quem não souber usar de forma correta e coerente.


segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Homenageada do mês Simone Kalil

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, texto


Todo mês, eu começo com uma homenagem. Além disso, vou recomendar esta peça.


Falando sobre Simone Kalil. 

A atriz de origem árabe é a homenageada do mês de outubro. Simnoe Kalil fez peças maravilhosas. 
São elas: 

  • Morde
  • Brimas
  • Zilda Arns, a Rainha dos Lírios
Pelo conjunto da obra, coloco ela no destaque do início desse mês. 

ZILDA ARNS, A RAINHA DOS LÍRIOS

A peça, que esta em cartaz no Teatro da Cândido Mendes em Ipanema, conta a história da sanitarista que viajou o Brasil do Iapoque ao Chuí. Ela  orientava famílias brasileiras no combate a epidemias e a desnutrição. Ela foi também responsável pela criação do Criança Esperança, grande sucesso da Rede Globo de Televisão. 

O Monólogo é surpreendente. Simone Kalil que é conhecida por peças de humor, faz uma aventura ao Drama. Sem procurar perder a comédia, a peça procura ser algo leve. Ela não levanta bandeiras de luta, muito menos tem caráter político. A Importância de se falar sobre desnutrição em nosso país é muito importante. Infelizmente, ainda existem famílias que não tem acesso a serviços de grande utilidade como saúde e educação. Simone fala sobre esse tema sem perder sua ternura. 


Quintas, Sextas, Sábados e Domingos, às 20 horas. A peça vai até dia 4 de novembro. Teatro Cândido Mendes em Ipanema. 


domingo, 30 de setembro de 2018

A passeata do Ele não

Bauhaus Cultural em edição extraordinária. 

29 de Setembro de 2018.


Um grupo de atores, psicólogos e profissionais de todas as linhas resolveram se reunir em uma passeata no Centro da Cidade aqui no Rio de Janeiro. Não SÓ NO RJ COMO EM TODO O BRASIL.

O ele não foi uma passeata em repúdio a candidatura de Jair Bolsonaro. Ele está líder nas pesquisas mas sua impopularidade está aumentando a cada dia.

Eu estive na passeata e não me arrependo.  Se quisermos construir um país melhor, façamos isso mas sem violência. Alguns chegaram a Me perguntar se eu era do Psol. Eu não sou. Um exemplo é que virão que eu tinha um adesivo do Jean Willis. Eu conheci ele em um bate papo na Casa de Cultura Laura Alvim. Fiquei impressionado com ele já que era um homem muito inteligente. Foi muito antes de ele ser político.  Para quem não sabe, ele era professor universitário.  Por isso, tenho admiração a esta senhor.

Espero ter respondido aos fãs deste blog.  Liberdade por lei!

sábado, 29 de setembro de 2018

COMO SABER SE UMA NOTÍCIA É FALSA (FAKE NEWS)

Meus queridos amigos da Bauhaus Cultural. Venho neste post, mostrar um artigo muito interessante da mestranda Eliana Loureiro. Ela identifica o que são as fake news. Acredito que é de sua importância vocês separarem o que é fake  e o que não é. Vamos para ele.


COMO SABER SE UMA NOTÍCIA
É FALSA (FAKE NEWS)

Leia o artigo completo
Com a proximidade das eleições, a timeline do Facebook tem recebido uma enxurrada do que chamamos de DESINFORMAÇÃO (preferimos este termo, pois o presidente Trump costuma chamar de fake news as notícias são contra seu governo). Então atendendo a pedidos, seguem algumas dicas para saber se a notícia é falsa.
>>> Em primeiro lugar, é importante delimitar a razão das tais fake news. Elas podem ser feitas para:
1) Motivos comerciais: Existem diversos sites falsos que ganham dinheiro com banners comerciais em suas páginas. Logo, precisam de cliques em suas notícias. Quanto mais cliques, mais dinheiro ganham. Por isso, precisam criar títulos que chamem a atenção, sem qualquer compromisso com a verdade.
2) Manipulação da opinião pública: ainda mais em época de eleição, e na polarização que vive o País, são criadas notícias que prejudicam ou favorecem um lado ou outro, também sem compromisso com a verdade.
>>> Entendido isso, é preciso compreender que a propagação de uma notícia falsa pode prejudicar a reputação de uma pessoa ou organização e é passível de punição pela lei, baseado em calúnia e difamação. Há a tentativa de se criar uma lei apenas para fake news, mas corremos o risco de acabar com a liberdade de expressão e voltar com a censura. Logo, não, não é bacana.
AGORA VAMOS ENTENDER COMO DETECTAR SE UMA NOTÍCIA É FALSA
1) ELA DIZ EXATAMENTE O QUE VOCÊ PENSA SOBRE UM ASSUNTO
É bom demais para ser verdade? Então provavelmente não é mentira mesmo. Existe um termo para relatar este fenômeno, chama-se PÓS-VERDADE. Você pode até saber que é falso, mas exprime tão bem suas crenças e emoções, que você compartilha aquele conteúdo. Faça um favor: não repasse, provavelmente você está sendo enganado.
2) QUEM ESCREVEU É UMA PÁGINA COM UM NOME PARECIDO COM JORNAIS E REVISTAS EXISTENTES
É a Folha de alguma coisa, ou um nome do gênero. Trata-se de uma estratégia para gerar credibilidade. Ou seja, é falso.
3) QUEM ESCREVEU A MATÉRIA? QUEM É O JORNALISTA QUE ASSINA? CONSULTARAM O OUTRO LADO?
Ok, os jornais podem errar também. No entanto, se publicarem uma notícia falsa não só precisam colocar uma retratação (o erramos) como podem ser processados por calúnia e difamação. O jornalista obedece a um código de ética, que é obrigado a ouvir o outro lado e também checar todas as informações veiculadas. Isso é para garantir isenção e evitar quaisquer manipulações. Notícias falsas podem até ter cara de um produto jornalístico, mas em geral, não têm a assinatura de nenhum jornalista.
4) ISSO ESTÁ SENDO NOTICIADO EM OUTROS LUGARES?
Quando a notícia é falsa, ela é veiculada apenas naquela página. Afinal, a notícia não existe, ela foi criada. Portanto, duvide quando só um lugar dá o "furo" e não é replicado.
5) ESTA PESSOA/LUGAR/FONTE EXISTE?
Cheque os dados presentes na matéria. Geralmente parte-se de uma notícia verdadeira, mas dados como percentuais, por exemplo, são deturpados para favorecer um ou outro lado.
6) QUEM SE BENEFICIARIA COM ESTA INFORMAÇÃO?
Não se engane, a desinformação é utilizada dos dois lados da polarização. Então vale se perguntar quem se beneficiaria com a notícia em questão. Análise crítica é tudo.
7) ESSA INFORMAÇÃO FAZ SENTIDO?
Não apenas repasse após ler o título. Abra a matéria e a leia até o final. Geralmente, a mentira não se sustenta. Veículos jornalísticos sérios recebem a maior parte do seu tráfego de visitas por meio de seu website enquanto sites de notícias falsas têm público pelas notícias compartilhadas no Facebook e WhatsApp.
8) PREFIRA NOTÍCIAS PUBLICADAS EM SITES RECONHECIDOS
Como dito acima, a notícia foi checada e se estiver errada, os jornalistas e a empresa jornalística podem ser processadas. Enquanto sites de notícias falsas dificilmente seus proprietários e jornalistas conseguem ser identificados.
FERRAMENTAS PARA CHECAR SE UMA NOTÍCIA É FALSA (fonte: Pollyana Ferrari e Ricardo Fotios)
1) BUSCA POR IMAGENS SEMELHANTES
Quando você duvida da procedência da imagem, arraste-a para o Google Imagens e a ferramenta mostra se ela foi publicada na internet anteriormente). Isso também pode ser feito por aqui: 
https://yandex.com/images
2) REVERSE SEARCHING VIDEOS
O Youtube Dataviewer (
http://citizenevidence.amnestyusa.org) extrai quatro miniaturas de qualquer vídeo do Youtube e faz uma varredura por imagens semelhantes. Também fornece data e hora exatas do upload.
3) ENCONTRE MATERIAL APAGADO
Pelo The Internet Archive (
https://archive.org) é possível encontrar sites, perfis de redes sociais e outros conteúdos online tirados do ar.
4) PHOTOSHOPADO OU NÃO
O Izitru (
http://www.izitru.com) detecta padrões de edições de fotos.
5) CONHEÇA A MOVIMENTAÇÃO NO FACEBOOK
É utilizado para conhecer personalidades públicas. Curtiu uma foto no Facebook de alguém? Faz parte de qual grupo? A solução faz um raio-x: 
http://stalkscan.com
>>> AINDA ESTÁ COM DÚVIDA? 
Faça um curso online e gratuito que ensina como não cair na enganação das fake news: https://vazafalsiane.com/
>>> FACT-CHECKING
E hoje a batalha da desinformação é tão grande, que existem coletivos de jornais (e jornalistas) dedicados a combatê-la, são os fact-checking, que checam a veracidade de informações. Considerado hoje um gênero jornalístico. Logo, vale segui-los.

Wonder Comunicação Estratégia é uma agência de comunicação com foco no digital. É o empreendimento de Eliana Loureiro, mestranda da ESPM, redatora publicitária e jornalista, e professora de marketing digital.

Nota do Blogueiro: Em uma eleição onde os ânimos estão acirrados, nada melhor do que ler este artigo. As vezes uma mentira, pode levar as pessoas a fazerem sérios julgamentos. Muitos deles precipitados demais. Por isso, venho a vocês com este artigo maravilhoso escrito por esta mestranda. A BAUHAUS CULTURAL AGRADECE A ELIANA LOUREIRO.