terça-feira, 18 de abril de 2017

I Encontro de usuários da Wix Rio de Janeiro

A Bauhaus Cultural esteve no I Encontro da Wix Rio de Janeiro. Foi uma experiência sensacional! Conheci pessoas maravilhosas incluindo os embaixadores aqui no Rio de Janeiro. São eles: Julia Gravano (vídeo) e Felipe Lobo. Julia Gravano é designer e criadora da Made in Jota. Já Felipe é dono da produtora Boca do Lobo. Ambos são embaixadores da Wix Rio de Janeiro e deram dicas maravilhosas para mim que quer crescer como blogueiro e produtor.




Um dos momentos mais gostosos desse encontro foi a presença da tradicional Sorveteria Alex. Desde garoto, eu gosto muito dos sorvetes deles. Mesmo sendo uma loja tradicional aqui no Rio de Janeiro, a sorveteria não tinha um site. Foi através do Wix que eles conseguiram.


Desde já agradeço pelo convite e tenho certeza de uma coisa: não me arrependo de ter ido. Mais uma vez, isso vai crescer ainda mais no meu currículo. Incentivado pelo Wix, dei um up no meu site.

VALEU TURMA!!!!!!!!!!!!!!

https://rodrigongallo9.wixsite.com/home


Em sinal de agradecimento, coloco o link dos meus novos parceiros

https://www.madeinjota.com/

https://www.nabocadoloboproducoes.com/

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Plano Sobre Queda

A imagem pode conter: texto

Cléo é uma mulher que sabe que vai morrer, Isabela é uma garçonete que também trabalha como babá e Antônio, marido de Cléo, é um  homem que gastou 500 reais em um gramophone ( um toca discos antigo) que por sinal esta quebrado. Estes são os personagens da peça Plano sobre queda. Uma peça dirigida por Miwa Yanagizawa com texto de Emanuel Aragão. No elenco Breno Nina, Camila Márdila e Liliane Rovaris. 

A peça tem como tema central a morte de alguém. Cléo , personagem de Liliane Rovaris, tem 40 e poucos anos e descobre que vai morrer. A angústia dessa personagem é tanta que faltam palavras para os seus últimos momentos. Os desafios para falar isso para o marido bem como para a garçonete que virou babá da filha de Cléo.

A peça é uma lição de vida. Mostra a angústia do doente terminal que passa pela negação, a raiva e por último a aceitação.

Para quem quiser ver o trabalho desse grupo Áreas Coletivo de Arte, eles estão em cartaz no Teatro Poeirinha. Quintas e sábados às 21 horas e domingo às 19 horas. A peça vai até 28 de maio. 

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Top 10 de vilões da marvel que fizeram filmes cult


Depois do sucesso de heróis que fizeram filmes cult, chegou a vez dos vilões. Este é o top 10 de atores que fizeram os antagonistas da Marvel. 

1) Williem Dafoe. O Anticristo. 

Para mim o melhor filme feito pelo Duende Macabro. Ao lado Charlotte Gainsbourg, ambos fazem um casal que perdem o único filho em uma maneira trágica. O personagem de Williem irá tentar curar sua esposa já que este é um terapeuta respeitado.

2) Ben Kingsley. Ghandi

O vilão do filme Homem de Ferro III faz um dos mais belos filmes da história de Hollywood. Ele conta a história do lider passifista Marathima Ghandi. 

3) Jeff Bridges. Coração Louco

O Vilão do Primeiro Homem de Ferro é um cantor de música country que se apaixona por uma bela mãe solteira. O problema é que este artista é viciado em álcool. Cabe ele agora se livrar do vício para ficar com seu grande amor. Com esse filme, ele faturou o Oscar de Melhor Ator.

4) Mark Clarke Duncan. A espera de um milagre.

O Rei do Crime fez o inocente John Koffe que é condenado injustamente à cadeira elétrica. Poucos não sabem que ele tem o dom de curar as pessoas. Rendeu ao ator uma indicação para melhor Ator Coadjuvante.

5)  Alfred Molina. O Código Da Vinci

O Doutor Octopus fez este filme que é baseado no bestseller de Dan Brown. Como o Bispo Saragosa, ele pretendia destruir o Santo Graal.

6) January Jones. Simplesmente amor

A vilã  Emma Frost em X-men, primeira classe fez um dos mais belos filmes cult que te3m como tema O AMOR.No filme, atores como Liam Neeson, Rodrigo Santoro, Laura Linney, Ema Thompson e grande elenco abordam esse tema com absoluta maestria.

7) Kevin Bacon. Footloose

O clássico da década de 80 que foi a marca de Kevin Bacon O Sebastian Shaw de X-men, primeira classe não poderia estar de fora.  Além de ser um filme empolgante que convida todo mundo para dançar.


8)  Daniel Brühl. Adeus Lennin

O vilão Zemo de Capitão America, Guerra Civil conseguiu o estrelado graças a essa produção alemã que conta a história da reunificação da Alemanha através da comédia. Para não estressar sua mãe comunista, este bravo alemão irá contar uma mentira básica de que o comunismo não acabou.

9) Hugo Weaving. Trilogia do Senhor dos Anéis.

O Caveira Vermelha do Capitão América fez o elfo Elrond de O Senhor dos Anéis. Ele é quem  dá o nome a sociedade para aqueles que vão destruir o anel.

10) Zoë Kravitz. Animais Fantástico e onde habitam. 

O lindo filme com roteiro JK. Rowling da saga Harry Potter conta a história de um homem  que tem uma mala com animais fantásticos. Só que alguns desses animais fogem. a vilã Angel Salvade de X-men, primeira classe esta nesse divertido filme.


ATÉ A PRÓXIMA CAMARADAS!

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Orquestra Voadora Carnaval 2017: melhores momentos

Olha a Orquestra aí gente!



Para quem gosta da Orquestra Voadora como eu, vai adorar esse vídeo! Tenho a honra de ver dois amigos meus nesse vídeo: Higor Cabral e Sofia Kern. Misturando Samba e Rock 'n'roll, o vídeo é imperdível.



quem gosta de dançar, vai dançar as músicas dese grupo maravilhoso.

terça-feira, 11 de abril de 2017

PITANGA

O primeiro filme dirigido por Camila Pitanga. Com uma ajuda admirável de Beto Brant. Nossa atriz conta a história do seu pai Antônio Pitanga, um dos maiores atores brasileiros de todos os tempos. Nesta aventura como diretora, Camila mostra pessoas seu pai como ele é além de pessoas que contracenaram com Pitanga bem como os membros de sua família.

Neville D´Almeida, Benedita da Silva, Rocco Pitanga, Hugo Carvana, Chico Buarque de Hollanda, Caetano Velloso, Gilberto Gil e muitos outros falam de Antônio Pitanga mais do que como grande ator e sim falam dele como grande amigo, grande pai, grande avô e grande esposo.

Desde já convido todos vocês para assistirem Pitanga. Mais do que ver a história desse ator sensacional, é também ver a história do cinema brasileiro.


segunda-feira, 10 de abril de 2017

Nivea Viva apresenta Jorgen Ben Jor

JORGE BEN JOR CHEGOU PARA ANIMAR A FESTA!

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas em pé

No último domingo, A Bauhaus Cultural acompanhou  na praia de Ipanema o Show da Nivea 2017. Dessa vez, Nivea Viva homenageou o Rei do Balanço Jorge Ben Jor. Antes do show começar, os organizadores apresentaram uma cantora que venceu uma disputa de nova geração de cantores. Thais Macedo é a campeã com a música Borogodó. Seu vídeo foi muito bem recebido pelos praianos.



 Logo depois, a banda Skank e a cantora Céu esquentaram os tamborins para o nosso rei. Eles cantaram os grandes sucessos do querido Zé Pretinho. Ao anoitecer, surge Jorge Ben Jor. Sua eterna simpatia  fez com que seus fãs cantassem junto com ele.

Celebridades estiveram presentes ao evento como a atriz Cristiane Machado. Este é mais um dos muitos shows que serão exibidos pelo Brasil. O próximo será em Fortaleza no Ceará.

http://www.nivea.com.br/Experiencia/ext/pt-BR/niveavivajorgebenjor

quinta-feira, 6 de abril de 2017

top 10 diga não para pena de morte


Muitos são a favor de pena de morte no Brasil. Muitos querem que Bolsonaro seja presidente para aprovar essa medida. Novamente, contra o ultra conservadorismo, aqui vai o top 10 diga não para pena de morte.

1 )Dançando no escuro. Reino Unido e Dinamarca

Um filme dirigido por Lars Von Trier em que mostra uma jovem mãe ser condenada à pena de morte por um crime de assassinato. Toda a angústia dessa mulher é retratada em uma espécie de calvário. Vai desde o julgamento até a execução.

2) Os Últimos passos de um homem. Estados Unidos

O filme conta a história de dois homens que são condenados à morte por matarem um casal de namorados. Sean Penn e Susan Sarandon são os protagonistas desse filme que é inspirado no caso real de uma freia que acompanha os últimos passos de um dos condenados pelo massacre.

3) Os Inconfidentes. Brasil

Esse clássico do cinema brasileiro mostra os últimos passos de Joaquim José da Silva Xavier, O Tiradentes. Este home foi condenado por conspiração contra a Coroa Portuguesa. O personagem do famoso inconfidente é vivido por José Wilker. 

4) Uma mulher contra Hitler. Alemanha

A comovente história do grupo Rosa Branca o qual  pedia o fim da guerra. O que acontece é que todos eles forma decapitados a mando do próprio Adolf Hitler. 

5) Joana D´arc. França e Inglaterra

O Filme dirigido por Luc Besson conta a história de Santa Joana D´arc que comandou os franceses na expulsão dos ingleses da França. Capturada, ela foi condenada a morte na fogueira. 500 anos depois de seu martírio, ela foi canonizada santa.

6) A Paixão de Cristo. Estados Unidos

Dirigido por Mel Gibson, o filme conta as últimas horas de Jesus Cristo. Vai desde seu julgamento injusto até sua crucificação na cruz. Jim Caviezel faz o papel do filho de Deus.

7) A Espera de um milagre. Estados Unidos

O filme é baseado no bestseller de Stephen King. Conta a história do sacrifício do pobre negro John Koffe que foi acusado injustamente de matar duas meninas brancas.

8) Henrique V. Inglaterra

O filme é inspirado na peça de William Shakespeare. Em uma das cenas, mostra o enforcamento de um homem acusado de roubo. Olha que o jovem rei manda enforcar seu melhor amigo.


9) Silêncio. Estados Unidos e Japão

O filme conta a história de dois jovens jesuítas que vão para o Japão afim de desvendar o mistério do desaparecimento de seu mestre. O filme mostra o martírio de japoneses convertidos ao cristianismo que vai desde afogamento até a crucificação.

10) Danton, O processo da revolução. França, Alemanha e Polônia

Gerard Depardieu é o protagonista desse clássico que conta a história do revolucionário Danton e sua condenação à guilhotina. O filme volta ao nosso top 10 para chamar a atenção desse tipo de pena que para mim é um grande erro.


VEJA OS FILMES E  

DIGA NÃO PARA A PENA DE MORTE!

ATÉ A PRÓXIMA CAMARADAS

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Um novo dia para meu workshop



Depois de muita insistência de pessoas que queriam que eu voltasse a dar o meu workshop, surge um novo dia e um novo lugar. Dessa vez é o Rampa Lugar de Criação.




Irei ministrar um workshop sobre o Show business. Ele foi tema da minha monografia de MBA em Gestão de Recursos Humanos.

Temas que serão abordados:
• Breve Histórico do Show business
• Qualidade de vida do trabalhador
• O Ciclo de Gerenciamento
• O Jeito Disney de receber os Clientes
• O Networking e a Indústria do Entretenimento

No final do workshop irei apresentar um curta metragem. O Valor será simbólico com o passe do chapéu como fazem os saltimbancos. Quem precisar de certificado por favor entrar em contato comigo pelo email: rodrigongallo@yahoo.com.br

Anotem aí dia 4 de maio. 20 horas.



Importante: O número de participantes é limitado. Portanto confirmem o mais rápido possível.


https://www.facebook.com/events/611204082420980/?active_tab=about


Neste vídeo estão alguns trechos do meu primeiro workshop no Centro Musical Antônio Adolfo realizado no ano passado.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

A Glória e a Graça

Duas irmãs bem diferentes. Porém, com um terrível drama. Graça é uma irã que descobriu que tem uma doença  terminal. Ele pede ajuda ao seu irmão que hoje é ela e se chama Glória. As duas irão ter um acerto de contas. Porém vão descobrir o valor de serem irmãs.

Carolina Ferraz e Sandra Coverloni estão nesse drama dirigido por Flávio Ramos Tambellini. Neste longa um dos temas abordados é a transexualidade, a morte e por fim a amizade. Ambas as atrizes trabalham bem. O que deve se notar é que para esse papel Carolina Ferraz teve que botar uma prótese na boca além de engordar e e engrossara voz. Sem dúvida é um trabalho muito interessante que Carolina fez. Praticamente, ela teve que ser um "homem".

Tenho que admitir que as duas atrizes são bastante corajosas em fazer esse filme. Ele chama bastante a atenção em certos temas que ainda são um tabu. Porém, dentro do próprio roteiro assim como o filme são bastante fracos.

Este é um pequeno texto do Adoro Cinema que vale a pena refletir. Ele foi escrito por Bruno Carmelo. Em muita coisa, devo concordar com ele. Olha o que ele escreve:

Segundo Carmello (2017) : "A construção superficial de personagens prejudica a verossimilhança na trama. O único motivo para Graça procurar a irmã com quem perdeu contato há 15 anos é o fato de não ter mais ninguém para cuidar de suas crianças, mas logo se descobre a existência de uma amiga próxima, descrita como “quase uma irmã”, que mora ao lado e conhece as crianças muito bem. O bullying caricatural sofrido por Papoula na escola parece extraído de comédias como Meninas Malvadas, e a ínfima importância dada a uma atriz coadjuvante transexual deixa a impressão amarga de que a personagem integra o elenco apenas por cota de representatividade, apesar do bom trabalho da atriz.

A direção de fotografia chama a atenção. Talvez a equipe tenha decidido que Graça pratica a cromoterapia, mas o lar onde se passa grande parte da trama remete a um buffet infantil: a cozinha tem luzes verdes profundas, um quarto é totalmente amarelo, o outro é azulado, o corredor tem luzes vermelhas... Mesmo nas cenas externas, alguns efeitos aquáticos e as cores extremamente saturadas dão a impressão de estarmos num universo fantástico, edulcorado, muito distante das dificuldades palpáveis de se enfrentar uma doença ou o preconceito social.

Tambellini filma suas cenas multicoloridas com os enquadramentos mais fechados possíveis, tendo como limite os rostos das duas atrizes. A estética claustrofóbica impede que os espaços importantes da casa, da escola e do próprio Rio de Janeiro exerçam uma influência na tristeza e na solidão das duas mulheres. Quando Glória e Papoula encontram um novo amor – solução fácil para sugerir um final feliz – a câmera se limita aos planos de conjunto, com ambos lado a lado, nos terços exatos do quadro. A rigidez das imagens transparece a falta de criatividade da mise en scène.

A representatividade, sim, merece ser questionada no projeto. A cada novo filme sobre transexuais ou travestis interpretadas por atores e atrizes cis, perde-se uma nova oportunidade de dar protagonismo a estas figuras marginalizadas. Se a intenção é defender a inclusão social, por que não começar com o próprio elenco? Por mais que Carolina Ferraz efetue um trabalho competente – e que Jeffrey Tambor, em Transparent, ou Jared Leto em Clube de Compras Dallas tenham se saído muito bem como mulheres – ressente-se a falta de os projetos botarem em prática o discurso que defendem. A prótese na boca de Carolina Ferraz, para parecer mais masculina, incomoda pela necessidade de relembrar que ela nasceu com corpo diferente. Por que é tão importante insistir na diferença entre “aparência de mulher” e “aparência de homem”?

Outro aspecto do respeito à identidade de gênero incomoda em A Glória e a Graça. A travesti ouve da irmã alguns dos piores preconceitos – sugerindo que ela tenta “empurrar goela abaixo” sua identidade, ou que vai educar um garoto como se fosse mulher – mas a personagem nunca responde às acusações, e o roteiro simplesmente as ignora. Glória precisa repetir o tempo inteiro que é honesta e trabalhadora, como se fosse uma espécie de compensação por ser travesti. O discurso “travesti, porém trabalhadora” é análogo ao preconceituoso “pobre, porém honesto”. A crítica à prostituição também mereceria maior aprofundamento: o roteiro sugere que as moças venderiam seus corpos não pela falta de oportunidades, mas por uma espécie de carência afetiva ou instabilidade emocional."

Decidi por uma parte da crítica de Bruno porque ele chama muito a atenção nos pontos do filme que poderiam ser trabalhados com mais profundidade. Se você quiser ver a crítica aí vai o link: 


Bem, mas se você gosta de chorar e gosta de um drama, A Glória e a Graça é para você. 





sábado, 1 de abril de 2017

Homenageado do mês de abril: Mariozinho Telles

Nenhum texto alternativo automático disponível.

No ultimo mês de março, o teatro carioca perdeu um dos nomes mais respeitados de todo o Brasil. Mariozinho Telles nos deixou vítima de um câncer. Apesar disso, ele deixou um legado que para sua viúva vai continuar: O Teatro de Roda.

Tive a oportunidade de ver uma peça desse grupo.Ela foi Romeu e Julieta o qual é uma peça escrita por William Shakespeare e encenada com maestria por eles. No elenco havia dois amigos meus: Léo Oliveira e Anita Terrana (foto). 





Esta é a foto da atriz em cena. Porém não é da peça Romeu e Julieta. Esta é a foto da peça a Prostituta Respeitosa de Jean Paul Sartre.





Eu decidi escrever esta homenagem à ele hoje e não no dia de sua morte para justamente dar a ele um lugar de destaque. Todo início de mês, faço uma homenagem para atores, diretores e produtores que fazem a arte acontecer. Mariozinho Telles terá seu nome estará sempre escrito nas estrelas.

VÁ EM PAZ MEU CARO

O TEATRO DE RODA VAI CONTINUAR!!!!!!!!!!!!!


quinta-feira, 30 de março de 2017

MULHERES SINCERAS NA CAMA 2 �� ft MAIRA MEDEIROS e CATIA DAMASCENO �� COMO...

Ai que delícia!



A Drelacionamentos mandou mais um vídeo imperdível Como seriam sinceras na cama 2 dá seguimento ao primeiro (este também posto aqui na Bauhaus Cultural). O vídeo é muito divertido e tem duas participações de peço: Maira Medeiros e Catia Damasceno. Ambas roubam a cena e fazem a gente morrer de rir.



Maira Medeiros é atriz e youtuber do Nunca te pedi nada. Ela faz uma ponta bem engraçada neste vídeo.




Catia Damasceno é especialista em estudos do feminismo. Formada em Fisioterapia, ela dá dicas para as mulheres terem uma vida sexual saudável. Nossa segunda heroína também faz um vídeo muito interessante co  este mesmo grupo.



quarta-feira, 29 de março de 2017

Redemunho

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Esta em cartaz na Casa de Cultura Laura Alvim a peça Redemunho. Uma peça inspirada nos contos do autor Ronaldo Correa de Brito. O resultado é uma direção sensacional de Anderson Aragón e um elenco afinadíssimo como Alexandre Dantas, Ana Cabartti e Cláudia Ventura. 

Dramas e comédias são o conteúdo desses textos que conta as histórias de um grupo de pessoas que tentam sobreviver a realidade dura da vida nordestina. Uma vida onde o machismo bem como a miséria são os temas centrais desta trama.

Se você quiser assistir esta peça, lembre-se de uma coisa: este é a última semana da peça. Sexta e Sábado 20 horas e Domingo 19 horas. Espaço Rogério Cardoso. 

terça-feira, 28 de março de 2017

RÉQUIEM PARA DOIS





"O espetáculo "Réquiem para Dois", da Cia de Intérpretes Independentes, de Manaus, tem como tema central a morte, indo na contramão ao pensamento do filósofo La Rochefoucauld, que afirmava que “Não se pode olhar de frente nem o Sol nem a morte, porque olhar o Sol ofusca a vista e encarar a morte perturba a vida”. O espetáculo foi criado sob o conceito de morte como parte de um ciclo temporal, em dissonância ao pensador francês acreditava que vida e morte se acham completamente separadas. O enfoque é a perda, não de quem vai, mas de quem fica."


As palavras do diretor e ator dançarino Ricardo Risuenho, são o resumo de uma única apresentação do espetáculo Requiém para dois. Um trabalho belíssimo da Cia de Intérpretes Independentes. Este grupo é oriundo de Manaus e esteve no Rio de Janeiro para um cilco de palestras e workshops ocorridos na Faculdade Escola Angel Vianna e na Universidade Candido Mendes


Foram dias maravilhosos de profundo enriquecimento tanto para os membros da companhia como para os alunos de ambas as faculdades.  


Ricardo e sua equipe trabalham MMS(Movimento de Membros Superiores) no qual foi um método desenvolvido pelo próprio artista que tem formação sólida em medicina. Para ajudar Ricardo Risuenho, a bailarina Ana Raphaella Costa ajudou nos exercícios bem como atua também no espetáculo Requiém.  


Na platéia, tivemos a presença ilustre da professora Angel Vianna no qual os bailarinos dedicaram o espetáculo à maestrina. 


Esta é uma imagem do que foi o final do workshop da companhia. 


segunda-feira, 27 de março de 2017

Que legado

A imagem pode conter: texto

Dois amigos:Natasha Corbelino e Breno Sanches. Um único objetivo: fazer arte.

O evento Que Legado é um pouco de tudo: dança, performance e teatro. Tudo dentro do Castelinho do Flamengo. No último sábado tive a oportunidade de ver este evento que tem como lema algo que aprendi no cultural e musica .com: POUCA GRANA NO BOLSO MAS MUITA VONTADE DE FAZER.

Nestas linhas, vou colocar o que vi e dar meu ponto de vista

PERFORMANCES

Tive a oportunidade de ver duas performances, Café e Don Quixote della Rua.  Na primeira performance, uma moça nos oferece café grátis. Enquanto bebemos o café, ela conta notícias da atualidade. Na segunda performance,  um homem se vestia de Don Quixote e a frente do castelinho gritava Dulcinéia! Minha amada. Nesta brincadeira, a minha sushi se tornou em uma Dulcinéia. Ciro Caseira foi o herói..opa, foi o performer.















  Oh Minha Dulcinéia! Onde estais....




TEATRO

Dante foi a peça dirigida por Breno Sanches e com atuação de Natasha Corbelino e Ricardo Martins. Os dois atores faziam o papel de um pai e de uma mãe do pequeno Dante. Eles são divorciados e sofrem com a crise no estado do Rio de Janeiro. Agora eu sei o chão que piso do Grupo Atiro. conta sobre o legado de uma sociedade onde a branquitude é claramente cultuada e a negritude expõe o indivíduo a inúmeras situações no limite de sobrevivência.

DANÇA

Acordo da Cia REC e de direção de Alice Ripoll apresenta uma dança bastante divertida e interativa. Vemos um grupo de homens dormindo e cada um explora o ambiente no plano baixo. Entre a vigília e o sono, cada um procura explorar o espaço.


VIDEO ARTE

Enquanto você espera uma performance e outra, um Video arte de nome Vídeopílulaslestra para um legado  conta histórias diferentes com um único tema:  Legado. Ana Abbott participa deste vídeo assim como muitos nomes importantes. São relatos que faz você pensar.

Estes são alguns das muitas performances. Vai até dia 9 de abril. sempre começando às 18 horas. Se você quer vir mais cedo, a partir das 14 horas tem palestras sobre este tema.

ENTRADA GRATUITA!


sexta-feira, 24 de março de 2017

Ponto de Vista - Teaser 1

saiu!



Depois de muito tempo em silêncio, o Nada Original lança o teaser do curta Ponto de Vista. O filme dirigido por Victor Soares mostra um assalto através do ponto de vista de cada um. Vai desde das vítimas até o assaltante.



A imagem pode conter: 3 pessoas



Este é o cartaz do curta. No elenco esta Bianca Fonseca, revelação da peça Quenga!Quenga!Quenga!


EM BREVE! NOS MELHORES FESTIVAIS DO BRASIL!

quinta-feira, 23 de março de 2017

Histórias de um Garrafeiro


Histórias de um homem que viu muitas vidas indo embora. Todas elas vítimas do álcool e das drogas. 

Este é o drama Histórias de um Garrafeiro. Este pobre homem conta histórias de sua juventude. Vai do conto dos seus irmãos até da descoberta de seu grande amor. Tantas histórias Em uma que poderia ser um livro mais é uma peça.  Uma peça que vai se tornar em uma mini-série.
A peça estrelada por Fábio Duarte e com participação especial de Vanessa Fontana,  é um alerta para os jovens que vão experimentar drogas ou para aqueles que vão querer tomar aquele primeiro porre. Muitos acham que o vício não vai fazer mal, mas o vício é uma doença.

A peça é um sucesso há  mais de 10 anos. O elenco e a produção nos brindaram com uma belíssima e única apresentação. Houve convidados ilustres que brindaram a sua presença.




Um ciclo termina mais um outro com certeza vai começar. Esperamos que a peça volte o mais rápido possível nos circuitos cariocas.  Mais uma vez parabéns para todos os envolvidos.

Rodrigo Gallo ao lado dos membros da produção da peça.

terça-feira, 21 de março de 2017

Hiroshima, mon amour



O Espaço Itaú de Cinema tem uma MAGIA!!


Ele exibe clássicos do cinema mundial. Este é o caso de Hiroshima mon amour. Um clássico do cinema francês rodado em Hiroshima no Japão. Para aqueles que não conhecem a história, vou lhes contar. O filme conta a história de um casal que se conhece nesta cidade, devastada pela bomba atômica. Esse casal é um japonês e uma francesa. Enquanto um é arquiteto, a outra é uma atriz francesa que esta rodando um filme no Japão.

Cheio de símbolos, o filme convida o telespectador à entrar em um mundo cheio de olhares e mistérios. Depois de tudo, o final é surpreendente. Eles revelam seu verdadeiro nome.

Novamente, o Espaço Itaú de Cinema dá um presente para todos os cinéfilos apaixonados pelos clássicos. Eu sou um deles!


segunda-feira, 20 de março de 2017

A Bela e a Fera

A Bauhaus Cultural dedica essas linhas o filme A Bela e a Fera. Confesso que é um dos mais belos filmes dessa temporada. Muitos criticaram a atriz Ema Watson pela sua performance. Mas eu tenho que confessar uma coisa: Ela esta ótima. Nossa ex-bruxinha da saga Harry Potter trabalhou bem no papel da jovem Bella.


Eu não posso deixar de citar mais dois nomes de atores que merecem destaque neste post: Kevin Kline e Luke Evans (O Conde Dracula do filme Dracula, a história nunca contada). Eles fazem os papéis do pai de Bella e de Gaston.

O filme é uma adaptação do clássico da Disney de 1992. Porém, o filme tem algumas músicas que fazem parte do repertório da Broadway. Isso faz com que ele seja uma grande novidade.

Todos conhecem a história do famoso príncipe que vira um monstro. Algum tempo depois, o pai de Bella se perder na floresta e vai se abrigar no castelo da Fera. Ao tentar pegar uma rosa para sua filha, ele vira prisioneiro do monstro. Só Bella poderá salvar seu pai.

Bem, uma coisa que o pessoal do cinema fica em dúvida:  Qual dessas versões do filme A Bela é a Fera é a melhor. Em1992, Celine Dion e Peabo Bryson ou Ariana Grande e John Legend.




quinta-feira, 16 de março de 2017

Top 10 da espionagem além de 007


Em lugares paradisíacos, com belas mulheres e uma trama de espionagem, surge o espião. Esta é uma lista top 10 espionagem. Muito além de 007. espero que vocês gostem.

1) Funeral em Berlim

Este filme é estrelado por Michael Caine o qual este faz o papel de um espião que entra em contato com um poderoso general de Berlim Oriental. Tal general quer abandonar o lado soviético afim de pedir asilo político. O plano para tira-lo: fingir um funeral.

2) Uma luz na Escuridão

Michael Douglas, Melaine Griffit e Liam Neeson são os protagonistas desse filme cheio de mistério. Uma jovem norte americana judia se infiltra em uma casa de um importante militar nazista afim de descobrir planos para uma perigosa bomba.

3) Ponte dos Espiões

Uma trama dirigida por Steven Spielberg. Neste filme conta a história de um advogado que defende um espião da Alemanha Oriental. Ao mesmo tempo que ele tenta livrar este homem da cadeia, dois norte americanos são feitos prisioneiro do lado soviético.

4) O Agente da Uncle

Três espiões de países diferentes tendo que trabalhar junto. Isso tudo meus caros acontece em plena Guerra Fria. Henry Cavill, o super homem, em seu melhor papel.

5) Missão Impossível

A Traição anda solta no IM. Para investiga-la, O agente Ethan Hunt (Tom Cruise) deve descobrir o mais rápido possível.


6) Kingsman, Serviço Secreto

Um jovem é recrutado para ser o mais novo agente secreto da Kingsman. Sua missão é impedir um homem maluco de matar todas as pessoas do Planeta Terra.

7) Gotcha! Uma arma que faz barulho.

Depois de um relacionamento com uma belíssima europeia, Um jovem americano se vê envolvido em uma trama de espionagem. ele tem que esconder um importante microfilme das mãos de espiões.

8) Cassino Royale

Não pessoal, este não é um filme de James Bond. Este é um filme estrelado pelos engraçadíssimos Peter Sellers, Woody Allen e pelo maravilhoso Orson Wells. Ele é uma sátira aos filmes de 007.

9) Top Secret

Val Kilmer é um cantor de rock que se vê em uma trama de espionagem. Misturando filmes da Segunda Guerra com filmes da Guerra Fria, o filme é muito divertido e vai fazer você morrer de rir.

10) Bastardos Inglórios

Para encerrar esta lista, nada melhor do que encerrar do melhor jeito. Este filme de Quentim Tarantino que mostra uma importante atriz alemã vivida por Diane Kruger ajudando os aliados na guerra contra Adolf Hitler.


ATÉ A PRÓXIMA CAMARADAS!!!!!!!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 15 de março de 2017

ESQUERDA TÚNICA







Porta dos Fundos de volta a Bauhaus.


Esquerda Túnica é um divertido vídeo do Porta dos Fundos com Fábio Porchat e roteiro de Gregório Duvivier. Dessa vez, nosso querido Fabinho é Jesus Cristo. Bem, agora imaginem se Jesus Cristo fosse um cara que nascesse nos dias de hoje. Pois é, o Porta dos Fundos o fez.  Bem, se divirtam com este vídeo porque eu me diverti muito. Destaque da Bauhaus Cultural.

terça-feira, 14 de março de 2017

Moonlight, Sob a luz do luar



O filme que ganhou o Oscar. Por sinal um prêmio merecido. Nesta história vemos um jovem negro em três tempos. Primeiro,Little é um garoto tímido que sofre bullying dos colegas por ser franzino. Um belo dia, ele conhece Juan, um traficante que se torna seu amigo e no seu pai. A mãe de Chiron é viciada em crack. No segundo momento, Chiron,descobre a sua sexualidade com seu amigo Kevin. Porém nosso menino ainda sofre com os colegas na escola e com o vício da mãe. Um bel dia, ele leva uma surra do seu amado incentivado pelo cara mais briguento da escola. Chiron explode de raiva e quebra uma cadeira em cima deste pitboy. No terceiro momento, nosso Chiron vira Black, um perigoso traficante de drogas.

Neste filme dirigido por Barry Jenkins, não existe final feliz muito menos final triste. Vemos que o filme não quer em hipótese alguma apontar culpados. Ele procura explorar o lado humano de todo o ser humano. Desde um traficante de drogas até uma viciada.

FIGURINHA CARIMBADA.







Minha figurinha carimbada é para o vencedor do Oscar de melhor ator coadjuvante Mahrshala Ali. Ele faz o papel de Juan ou Blue. Ele foi o pai que Chiron nunca teve. Para mim, foi papel muito bonito de se fazer. Ele é uma voz para todos atores afrodescendentes que nasceram nos Estados Unidos e são muçulmanos. Isso mesmo é um ator muçulmano. Oscar merecido.







segunda-feira, 13 de março de 2017

Silêncio



Uma obra prima do genial Martin Scorsese. Porém, este filme tem sido criticado por muitos membros da classe artística do Rio de Janeiro por mostrar uma igreja que irá salvar o Japão do budismo. Isso é o que tem se comentado e muito pela internet. A Questão é a seguinte, o filme mostra oposto a isso.

Para começar a falar sobre o filme é necessário falar sobre a sua sinopse. Então vamos lá. Andrew Garfield e Adam Driver são dois padres jesuítas que vão para o Japão em uma época onde o Cristianismo é proibido. O Objetivo maior deles é saber sobre o paradeiro de seu mestre que segundo relatos , ele abandonou a batina para abraçar o budismo.  Para investigar tal fato, eles aceitam fazer uma peregrinação no Japão em busca do seu mestre. Ao chegar, descobrem que existe um prêmio para matar padres.

Se levarmos em conta esta história, podemos concluir o seguinte: não existe uma Igreja Opressora chamada Igreja Católica. Existe sim, pessoas fundamentalistas que usam sua doutrina para atacar outras doutrinas. Se observamos, isso ainda existe com o Estado Islâmico, por exemplo. Ele usa sua visão deturpada do Alcorão para atacar outras religiões e fazer terrorismo.

MINHA FIGURINHA CARIMBADA.


Depois de anos fazendo filmes de ação, o ator Liam Nesson vem nos surpreender com este belíssimo filme. Seu papel é o mais difícil porque é ele quem faz o mestre desaparecido dos jovens jesuítas. Esta é minha figurinha carimbada.


sexta-feira, 10 de março de 2017

Polacas, Prostitutas Judias

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sentadas


A Casa de Cultura Laura Alvim recebe a Cia de Teatro Contemporâneo. Dinho Valadares escreve e dirige a peça Polacas, Judias Prostitutas. Essas mulheres são representadas por atrizes maravilhosas:  Andrezza Leal, Sofia Kern,  Aline Bourseau, Clarissa Durão, Gisela Plonbom, Carol Salles e Estaine Alencar.

O Figurino é assinado pela irmãzinha Luiza Valente e a Produção é de Fábio Felix. O elenco de apoio conta com o próprio Fábio além de Xico Sá, Victor Mafra, Léo Gonçalves e João de Carvalho.

Assim como no filme Sonhos Tropicais e da peça Silêncio de Renata Mizhari, a peça conta a história de mulheres judias iludidas em fazer a América acabaram se prostituindo no Rio de Janeiro para sobreviver. Cada uma delas tem um drama e conta a sua história. Todas elas são exploradas por um cafetão vivido pelo próprio João de Carvalho.

A peça é dedicada a ex-prostituta Dona Berta que presidiu por muito anos uma associação israelita responsável pelo Cemitério das Prostitutas em Inhaúma. Ela viveu até os seus 103 anos.

A peça esta em cartaz na Casa de Cultura Laura Alvim. Quintas, sextas e sábados 21 horas e domingo às 20 horas. Vai até 4 de abril.

quinta-feira, 9 de março de 2017

Hugh Jackman conhece seu dublador brasileiro e se emociona | The Noite (...





Um vídeo emocionante. Merece destaque na Bauhaus Cultural. O Último filme de Hugh Jackman como Wolverine já esta em cartaz. Logan completa a saga do X-man mais famoso de todos os heróis do Professor Xavier. Porém, este vídeo me emocionou muito. O encontro de Hugh com o dublador brasileiro: o ator veterano Isaac Bardavid. Foram 17 anos dublando este personagem.



Vale lembrar que para um ator seja um bom dublador, é necessário fazer a escola de dublagem. Não basta só ter DRT.  Portanto...VAI ENCARAR MEU CHAPA!

quarta-feira, 8 de março de 2017

Por que os prédio caem

A imagem pode conter: listras e texto

O Teatro de Demolição esta de volta. Dessa vez, com uma peça que explora a cena underground carioca. Por que os Prédios Caem é uma peça que conta a história de um solitário escritor que ao entrar em um bar de streap tease se apaixona por uma garota de programa. Tudo ia bem até que um belo dia, sua musa acaba morrendo afogada. O final dessa história, só você poderá dizer se é bonito ou não.

No ano passado, o grupo fez uma ocupação no Teatro Café Pequeno no Leblon. Hoje, eles estão em cartaz no Porão Rogério Cardoso, na Casa de Cultura laura Alvim. Terças e Quartas, sempre às 20 horas. A peça vai até dia 29 de março. 

O elenco é formado por Mônica Bitencourt e Gustavo Rocha. A Direção e o roteiro é com Gustavo. Giselle Ribeiro também esta na peça só que na assistência de direção. 




  

segunda-feira, 6 de março de 2017

Catarina



William Shakespeare com sotaque nordestino.

Dirigida pelo consagrado ator Léon Góes, a peça Catarina esta em cartaz na Lanchonete Catarina. A peça é uma adaptação da obra de William Shakespeare a Megera Domada. Carregada de muita sátira, Léon mostra um outro lado de Catarina no estilo Mulheres, vamos à luta.

O elenco é composto por Léo Góes que também assina a adaptação e mais dois atores: Ingred Rocha & Ricardo Vilella. Ingred é meu destaque. Ela dá corpo e voz a Megera quase domada. Sua aparição começa com muita música e dança.  

Ingred esta ao lado do marido que faz o Petrucchio.

A peça esta em cartaz na lanchonete Catarina localizado no Flamengo na Praia de Botafogo 122. esquina com a Rua Senador Vergueiro. Sexta e sábado 20 horas e Domingo às 19 horas. Vai até o final do mês.


sábado, 4 de março de 2017

Rodrigo Gallo no WIX.



AGORA É OFICIAL!

Eu, Rodrigo Gallo, tenho um site! Isso mesmo, através da Wix consegui fazer um site que é a minha cara. Através dele, além do meu cv, reuni os vídeos e fotos tiradas pela minha Tatiana Ishihara e meus parceiros como Andrea Rocha e Alan Chaves. Se você quer ver um pouco do meu trabalho acesse: https://rodrigongallo9.wixsite.com/home

Este é um dos vídeos postados em meu novo site. 




Peço para todos vocês, participarem do meu site dando suas sugestões ou críticas.

quinta-feira, 2 de março de 2017

Jeti´s de São Paulo

HÁ MUITO TEMPO ATRÁS, EM UMA GALÁXIA MUITO DISTANTE DAQUI....




Em São Paulo, a Bauhaus Cultural esteve na Jeti´s ( Antiga Jedi´s Burgers) Mais para os fãs de Star Wars será sempre a Jedi´s Burger. Ao saborear o cachorro quente, noto que a força ainda esta presente na lanchonete. A magia dos heróis dos filmes de George Lucas ainda vive. Quando sentei naquela cadeira, noto o como esta saga continua a emocionar os fãs. Nossa conversa foi sobre a saga de Star Wars. Nos perguntávamos como seria o próximo filme sem Carrie Fisher (A Princesa Leia). Eu, por exemplo arrisquei um nome para substituir a Carrie, seria Mary Elizabeth Mastrantonio.














Carrie Fisher


















Mary Elizabeth Mastrantonio


Mas enfim, ficou com um gostinho de quero mais. Se você quer conhecer o local anote o endereço: Rua Verbo Divino 1194, Chácara Santo Antônio, São Paulo.


QUE A FORÇA ESTEJA COM VOCÊ!

quarta-feira, 1 de março de 2017

Homenageada do mês de março: Renata Fabris


O sucesso do evento do Gritos Contidos que foi um sucesso no mês passado se deve a Vanessa Fontana e a esta mulher. Renata Fabris tem um longo currículo artístico. Ela já passou por grandes emissoras, incluindo a Rede Globo de Televisão. Por sua garra, ela é a  nossa homenageada do mês de março.

Agora, venho com novas fotos do evento Gritos Contidos.







quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Workshop ator autoral. Ribamar Ribeiro


Hoje termina o workshop ator autoral no Teatro Café Pequeno.


Tive a honra de ter participado de um workshop muito dinâmico e muito inovador. Ribamar Ribeiro tem um vasto currículo ao lado do grupo Ciclomáticos. Mais uma vez, fica uma lição muito importante neste workshop. Como atores e atrizes são criadores e de como eles ajudam diretores e produtores na realização do espetáculo. Fiz amigos para a vida toda. Nunca pensei que eu fosse trabalhar com um grupo tão alegre.

Aqui em baixo, vemos a criação de atores e atrizes que fizeram este workshop conjunto.


Nesta primeira foto, nos separamos em um grupo de 4 pessoas e pensamos qual cena fazer através de frases de ação que trouxemos de casa.


Na segunda foto, temos o resultado. Através de um Dadaísmo, colocamos o abstrato no concreto. O resultado foi esse. Uma improvisação como tema A TELEVISÃO.  









terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

No Carnaval Vale Tudo




Carnaval chegando nada melhor do que ver um bom filme de terror. Estrelado por Amanda Felicori, o filme traz uma misteriosa mulher que seduz um pobre cidadão o levando para o motel. No Carnaval Vale Tudo...até encontrar o mal. Cheio de sangue e sexo, o filme prende você do começo ao fim.

CURTA O CURTA

E

BOM CARNAVAL.

Direção: Hevelcio Parente

com Participação Especial de Edward Mcfyte

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Cia Cerne: Ainda Aqui

Cia Cerne: Ainda Aqui: Foto: Vinnicius Calian Escrito e dirigido por Vinicius Baião, o espetáculo “Ainda Aqui”, da Cia. Cerne, foi criado a partir d...







Uma família destruída pela violência da Ditadura: um filho morto durante um interrogatório, sua mãe com Alzheimer e um pai tendo que lhe dar com a situação de luto. O Drama Ainda Aqui é um alerta para todos aqueles a favor da intervenção militar. A peça é tocante e trabalha muito bem na questão do Luto e da Melancolia. O elenco é formado por apenas dois atores e juntos fazem 10 personagens. Higor Nery e Leandro Zanobia são os atores responsáveis pelo sucesso da peça. A Cia Cerne esta na ocupação do  Teatro Café Pequeno juntamente com muitas outras Companhias de Teatro. A Fetaerj(Federação do Teatro do Estado do Rio de Janeiro) esta comemorando 40 anos de existência. O presente é para todos os cariocas que amam teatro. Esta semana, irá começar um workshop com o ator e diretor Ribamar Ribeiro.  As inscrições estão encerradas.



se você quiser saber de mais informações procure o site da Federação e fique por dentro da ocupação.



A imagem pode conter: texto






http://www.fetaerj.com/

ps: A direção e a autoria da peça Ainda Aqui é de Vinícius Baião

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Gritos Contidos. Melhores momentos


Foi um espetáculo. Nota 10 a premiação do Concurso de poesia Gritos Contidos. A Cerimônia aconteceu no espaço nobre do Palácio Pedro Ernesto na Cinelândia às 15 horas. Poetas do Brasil e dos países de língua portuguesa mandaram suas poesias. No final 20 foram escolhidas e deram origem ao livro. Vanessa Fontana e Renata Fabris foram as anfitriãs deste belíssimo evento que teve uma performance de intervenção teatral de  Vanessa e com direção de Gisele Alves Pinheiro.  Também houve presenças ilustres como a Primeira Dama do município do Rio de Janeiro Sylvia Jane Crivella, o ex-deputado estadual Fernando Gusmão e a apresentadora do Programa Entrevstar Gabriela Sandoval. 








OS JURADOS:

Mario Gomes, Bartolomeu Buarque de Hollanda e Rodrigo Gallo (eu) ganharam publicações do livros Gritos Contidos e também uma corujinha, símbolo do concurso. Durante a cerimônia, Rodrigo Gallo leu uma pequena carta agradecendo à Vanessa e a Renata pelo privilégio de ser jurado. No final dela estava escrito Que Vença o Melhor!




O VENCEDOR:

O Vencedor do Concurso foi um homem de 70 anos oriundo de Belém do Pará. Seu nome é Lobato de Andrade com a poesia Evolução & Desencanto.

EVOLUÇÃO & DESENCANTO
Lobato de Andrade
De monólito em lascas Deus fez o mundo.
O sol curioso iluminou o horizonte,
A lua vaidosa mirou-se na fonte,
E o poeta comtemplou pensabundo.
Alceu com trovas amou Sapho adorada
Sob o rendado de um céu lesbiano
Sem perceber que num terceto ufano,
Já era de Átis o coração da amada.
Li Pó dançou com a sombra e a lua
Ao som cavo das esferas no espaço,
Co’uma botija de vinho ao regaço
Adormeceu sobre as alfombras da rua.
Nos líricos saraus de poesias,
Casemiro de Abreu nas madrugadas
Com odes cortejava às bem amadas,
Nas métricas de doces melodias.
A sextilha da abolição surgia
Nas rimas de um Castro Alves contundente ;
Com a literatura independente,
Rompeu os elos que ao cativo oprimia.
No Parnaso Bilac com ouro fundia
Sonetos com as estrofes cristalinas.
Cruz e Souza compilou sonoras rimas,
E em tercetos simbolizou harmonia.
Na inquietação o estro já fatigado
Permitiu a licença de versos livres.
A anarquia nos verbos e adjetivos,
Alienaram os dogmas do passado.
A pena de Drummond não obedecia
E o vate com pedras pôs-se a versejar.
A sátira profanou Gonçalves Dias...
Sabiá emudeceu – Gorjeia o mar!
Graça Aranha chutou a toga e a cadeira,
E abriu a semana da arte sem lirismo.
Bandeira hasteou-se ao modernismo
Qual um pendão de festival de besteira.
Desmoronou o parnaso e o olimpo!...
Gemebundo, de epiderme pergaminho,
O Anjo aflorou da nauseabunda terra
E o filho do carbono declarou guerra;
Furibundo chutou as pedras do caminho.
A anarquia nos verbos e adjetivos,
Alienaram os dogmas do passado.
A pena de Drummond não obedecia
E o vate com pedras pôs-se a versejar.
A sátira profanou Gonçalves Dias...
Sabiá emudeceu – Gorjeia o mar!
Graça Aranha chutou a toga e a cadeira,
E abriu a semana da arte sem lirismo.
Bandeira hasteou-se ao modernismo
Qual um pendão de festival de besteira.
Desmoronou o parnaso e o olimpo!...
Gemebundo, de epiderme pergaminho,
O Anjo aflorou da nauseabunda terra
E o filho do carbono declarou guerra;
Furibundo chutou as pedras do caminho.


Lembro só uma coisa importante. Para mim, todos são vencedores. Espero que mais poetas, independente da idade surjam. 

FIGURINHA CARIMBADA.

Vanessa Fontana é a minha figurinha carimbada. Seu esforço bem como sua vontade de fazer um evento como esse, nos enche de muita alegria. Um evento que teve  um grande número de escritos e teve uma produção impecável. Nada mais justo que dar a ela esse destaque. Desde já Vanessa, considere a Bauhaus Cultural a sua segunda casa. Bauhaus significa casa em construção. Portanto, a cada dia que passa aprendemos coisas novas. Portanto, o homem é uma eterna casa em construção. Aprendendo novas coisas todo santo dia. AMÉM.