sexta-feira, 26 de maio de 2017

Festival de Cannes 2017: ‘Gabriel e a Montanha’ recebe o Prêmio revelaçã...

10! Nota 10!



O único representante do Brasil no Festival de Cannes recebeu 2 prêmios. Um deles tem muita importância, O Prêmio de Revelação em Crítica. O Almanaque Virtual entrevistou o diretor Felipe Barbosa. O filme também levou outro prêmio da Fundação Gan, uma ajuda financeira para a distribuição do filme na França. Infelizmente, o filme não tem previsão para estrear no Brasil.



Para aqueles que não sabem, Gabriel e a Montanha conta a história do brasileiro Gabriel Bucchman. Ele morreu de hipotermia em cima de uma montanha na Africa quando fazia a volta ao mundo em 2009. Esta obra prima do cinema nacional também mostra um outro lado da Africa, o da miséria. Muitos conhecem este continente por seus famosos safáris. Mas esquece que tem um outro lado.


Aqui vai uma cena do filme de Felipe Barbosa. 


VIVA FELIPE BARBOSA! VIVA O BRASIL!



quinta-feira, 25 de maio de 2017

Top 10 de atores cantores e seus melhores filmes.



Muita paz, muito amor e muito rock n roll! Esse é top 10 de cantores que trabalharam como atores em filmes. Este é seu top 10. Aqui só tem os melhores. Mesmo que você não ache, deixe seu comentário. Mas vamos lá. 

1) Lenny Kravitz. Jogos Vorazes.

Nosso cantor faz o papel de um estilista que ajuda Kat Evenirs (Jennifer Lawrence) a se vestir melhor. Ele até esconde um broche para a jovem usar durantes os jogos. 

2) Bjork. Dançando no Escuro

Nossa cantora faz o papel de uma mãe cega que comete um assassinato e é condenada a morte. Ela ganhou a palma de ouro de melhor atriz. 

3) Help. The Beatles

Os rapazes de Liverpool têm uma missão importante, salvar seu baterista de ser sacrificado. Sim meus caros, Ringo Starr estava com seus dias contados. Muita música e um HELP!





4) Mick Jagger. Free Jack

Sem dúvida foi um fracasso de bilheteria, mas para os fãs dos Rolling Stones o filme é imperdível. O filme conta a história de um homem do presente que depois de um acidente vai parar no futuro e se torna um prisioneiro. O stone Mick vai caça-lo. 

5) Toni Garrido. Orfeu

O vocalista da Banda Cidade Negra é o protagonista deste clássico do Cinema Nacional. O filme é inspirado em uma peça de Vinícius de Morais. Para quem gosta de boa música é um prato cheio. 



6) Caetano Veloso. Fale com Ela

Caetano Veloso por ele mesmo. Ele não atua mas encanta como sempre. Ele dá uma palinha neste filme maravilhoso de Pedro Almodovar. A história são de duas mulheres que estão em coma. Seus parceiros estão em uma angústia interminável. 

7) Madonna. Dick Tracy

Nossa musa faz uma cantora sexy de cabaré que esta as voltas com o famoso detetive dos quadrinhos. Ela canta e encanta seus fãs com o seu talento de ser uma vilã perfeita. No filme, Dick Tracy (Warren Bety) deve deter o temível vilão Big Boss (Al Pacino). 



8) Barbra Streisand. Entrando numa fria maior ainda.

Dá franquia, esse é o melhor filme. Nossa Barbra faz o papel da mãe de Gay Pinto. Ela é uma professora de sexo para homens e mulheres de terceira idade. Ela é casada com o personagem de Dustin Hoffman, um mero Dono de Casa. 

9) Ray Charles. Duro de Espiar

Um 007 muito engraçado é vivido pelo saudoso Leslie Neelson. Entre as participações especiais esta Ray Charles como motorista de um ônibus desgovernado. 

10) James Brown. Os Irmãs Cara de Pau.

Um clássico da década de 80 não poderia esta fora. Jake e Elwood são os irmãos cara de pau e tem uma missão digamos..divina. Eles precisam ajudar um orfanato a pagar suas dívidas. Eles não podem roubar mas devem fazer um show. James Brown faz uma participação como reverendo de uma Igreja Protestante.


ATÉ A PRÓXIMA CAMARADAS!

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Antes que eu vá


Imagina você depois de uma festa sofrer um acidente. Depois, você acorda no mesmo dia, na mesma cama e vive a mesma situação. Este é o drama de Sam. No dia do Cupido, ela recebe uma rosa de seu namorado bem como de um admirador que convida ela e suas amigas para uma festa. Na festa,  ela e as amigas infernizam a vida da solitária Juliet. Na volta para casa, Sam e as amigas sofrem um acidente. E assim vai e vai...

Inspirado no romance de Lauren Oliver, o filme faz lembrar o mito grego Sísifo. Conta a lenda que este mito grego, depois de ter enganado a morte várias vezes, ao ficar velho, ele faleceu. Como punição de ter enganado a morte várias vezes, ele foi obrigado a empurrar uma pesada pedra até o topo de uma montanha. Só que quando ele chegava até o final do topo, a pedra despencava e ele devia fazer tudo de novo.



Seria o famoso ritornello ou deja vú. Seria isso que acontece com a nossa heroína. Para ela ter uma morte feliz, ela precisava pagar seus pecados até acertar.

FIGURINHA CARIMBADA: ZOEY DEUTCH


A atriz principal do filme Zoey Deutch é minha figurinha carimbada. Ela fez um papel muito difícil já que exige da atriz fazer a mesma cena só que em performance diferente.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Leve de mim o que quiseres

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé e texto

TEM COISAS QUE O DINHEIRO NÃO COMPRA!

O Drama no Rio de Janeiro esta em alta. Não falo da crise. Falo da peça escrita e atuada por Matheus Marques. Leva de mim o que quiseres conta a história da amizade de uma menina com seu motorista. O monólogo é cheio de suspense já que o cenário passa em uma sala de espera de um hospital. A menina tem uma doença muito grave. Cabe ao nosso bravo motorista esperar, esperar e esperar.

O público nessa peça também participa. Logo na entrada, o próprio Matheus da uma folha de papel com um pequeno texto. Em cima da folha tem uma senha. Quando a senha estiver no monitor, a pessoa fala o texto. Seria justamente o texto da pequena paciente.

Sob a direção de Iuri Kruschewsky, a peça esta indo para o ultimo fim de semana. termina no dia 28 de maio. Esta em cartaz no Espaço Rogério Cardoso na Casa de Cultura Laura Alvim. Sextas e Sábados 20 horas e Domingo às 19 horas.



segunda-feira, 22 de maio de 2017

O Cidadão Ilustre





Uma Obra prima dos hermanos argentinos.




Sem dúvida, eles sabem fazer filme de qualidade. Neste filme, Cidadão Ilustre, conta a história de Daniel Mantovani. Ele é um famoso escritor argentino que vive muitos anos na Espanha. Um belo dia, ele recebe uma carta de sua cidade natal chamada Salas. Ele é convidado a dar um ciclo de palestras além de receber o título ilustre de cidadão da cidade. Ao chegar em sua cidade, nosso herói irá encontrar com um velho amigo do passado bem como seu antigo amor. Mas não para aqui! Ele sofrerá com o preconceito e o ciúme de muitos moradores.



Para quem gosta de comédia e triller, este filme é um prato cheio. Oscar Martinez é um ator maravilhoso e encarnando como personagem principal, ele rouba muito a cena.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

FOTORIO 2017 Exposição de fotos na Centro Cultural da Justiça Federal


Ontem, o Centro Cultural da Justiça Federal abriu suas portas para exposição de fotografias de grandes fotógrafos. Em destaque esta o trabalho de Ailton Silva. A exposição Albuminas Contemporâneas mostra como o antigo e o novo podem andar juntos. Com uma câmera e a revelação da foto usando a clara do ovo, Ailton Silva mostra um jeito retro de mostrar o Rio de Janeiro com a paisagem contemporânea.




Outras exposições imperdíveis.

Dicotomia do Contato - revolução do WI-FI EM Cuba

Uma Cuba contemporânea usando a internet para se comunicar com o mundo. Esse é o desafio do fotógrafo Luiz Frota em retratar jovens cubanos na era digital.

Veios da Baia de Guanabara por Ana Carolina  Fernandes

O drama da Baia que agoniza em meio à poluição. As imagens dizem tudo quando se trata em mostrar uma baia castigada. Entra governo e sai governo, a Baia de Guanabara esta suja.

Portas do Benim

Um povo africano e seu país. As imagens de Jean-Jacques Mole mostram a Benim nos dias de hoje.

Caminhos da Africa por Alice Kohner

Vários países e um continente. Namíbia e Angola são alguns dos países retratados por Alice. Nestas imagens podemos ver a Africa através de seu povo: forte e resistente.

Campos de Altitudes de Kitty Paranaguá.

A favela e seus moradores de uma ótica bem diferente.  Uma imagem projetada e a foto revelada. Um belíssimo trabalho de Kitty Paranaguá.


Notas de um Espaço de Ana Rodrigues e Daniel Chiacos.

Um trabalho belíssimo que só para ver essa maravilha, você tem que estar lá.


quarta-feira, 17 de maio de 2017

Fora Temer


Uma notícia que deixa o povo brasileiro triste. A JBS divulgou hoje uma gravação que compromete o Senhor Presidente da República Michel Temer. Na gravação, o Presidente da aval para comprar o silêncio ex-deputado Eduardo Cunha. A denúncia é muito séria porque compromete o país.

Bem, agora é esperar a torcer para as diretas já.

Senhor Presidente, realmente você colhe o que você planta. A ganância pelo poder será sua queda.

LANDAU - AC/DZé (AC/DC + Zé Ramalho) Mashup

OXENTE!



Já dizia Raul Seixas que Elvis Presley e Luiz Gonzaga são almas gêmeas. Ele não contava que Landau fosse misturar AC/DC com Zé Ramalho. Com a batida da música Back in Black e a letra de Admirável Gado Novo, o que temos é uma combinação de musica brasileira com o bom e velho rock n roll.



Admiro Landau pela sua garra e coragem . Seu som é de primeira. Com o solo de Angus Young no violão de 12 cordas de repente você ouve Asa Branca de  Luiz Gonzaga. Ele tem outras musicas bem legais. O site dele esta aqui em baixo.



http://www.landauoficial.com.br/

terça-feira, 16 de maio de 2017

Vai com Deus Tia Inês

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindoEsta é uma foto do últimos encontro de minha tia Inês com meu pai.

Ontem tive uma notícia muito chata. Faleceu minha tia Inês Gallo Von Zuben. Irmã mais velha de meu pai Reinaldo José Gallo. Ela morreu enquanto dormia na Chacará onde morava em Vinhedo Interior de São Paulo.

Mais do que uma tia, ela ensinou meu pai a ler e escrever. Graças a isso meu pai se tornou um grande médico. Dedico este post para essa brava mulher e de muitas mulheres que dedicam uma parte do tempo para ajudar outras pessoas na alfabetização.

EDUCAÇÃO É TUDO!

Uma musica para ela: santa Lucia por Andrea Bocelli



segunda-feira, 15 de maio de 2017

Encontro



Em um dia chuvoso e numa casa abandonada, três mulheres irão se encontrar. Elas irão falar sobre suas mágoas, seus rancores e suas incertezas. O final disso tudo...isso você deverá saber interpretar.

Sob a direção e roteiro de Walter Macedo Filho, a peça Encontro é uma profunda reflexão da imagem da mulher nos dias de hoje. Ela é um mergulho na subjetividade. Várias coisas serão postas em xeque. O interessante é que as personagens ao mostrarem seus pontos de vista, o respeitável público acredita ser uma mulher só. Isso mesmo, um leque de mulheres dentro de uma única mulher.

Lis Maia, Adriana Karla Rodrigues e Adriana Rabelo são o elenco de mulheres que dão vida a peça. Se você quiser assistir preste atenção, vai até dia 28 de maio. Sábados e Domingos sempre às 20 horas. Local: Casa Rio. Rua São João Batista 105. Botafogo(Em frente ao Teatro Poeira). 

Importante: Mande mensagem primeiro para confirmar. Lotação da Casa é de apenas 30 pessoas. 

VALE A PENA ASSISTIR!

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Betina Kopp e seus vídeos poesias

Depois de muito tempo, volto a falar sobre Performance. Dessa vez, não é qualquer performance. A poetisa e atriz Betina Kopp que fez sucesso no Programa Sensacionalista do Multishow e do grupo Voluntários da Pátria, fez esta sequência de vídeos bem bacana. Ela fala de poesias com muita sensualidade e muito brilho. Sim, todos poeta ou poetisa é performer. Estes são dois vídeos que gostei muito: Embriagai-vos e Baba. Uma poesia é de autoria dela a outra não.


Nesta performance Embriagai-vos, Betina faz um brinde a todos os fãs da poesia contemporânea. A música é de Marcelo Abreu, a fotografia é de Jodele Larcher e sua parceira de cena é Barbara Francesquine. O poema não é dela. O Poeta é Charles Baudelaire.


Poesia de Betina Kopp onde esta mistura Ligia Clark e é claro muita sensualidade. Esta poesia vem do seu livro Beco.


No link acima, tem mais vídeos poesias de Betina.Kopp. Vocês vão adorar!


quarta-feira, 10 de maio de 2017

Videorama na Taverna #33 - Melhores HQs cults

Valeu Turma!



Me senti honrado ao ver esse vídeo do grupo Fliperama na Taverna. Eles fizeram este programa inspirado no Top 10 de HQs Cults que fiz no dia 9 de setembro de 2016. Alguns filmes estão na lista porém outros não estão . Este é o caso do Filme e HQ O Corvo. Este filme foi estrelado pelo Brandon Lee o qual ele foi morto durante as filmagens.



Eu agradeço e muito esta menção ao blog. Vocês serão muito bem vindos aqui.





Link da Bauhaus Cultural de HQS Cult



http://bauhausculturaemusica.blogspot.com.br/2016/09/top-10-de-hq-cult.html

terça-feira, 9 de maio de 2017

Dias Perfeitos

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Ele, um jovem recatado que sonha em ser médico. Ela, uma jovem solta no mundo que esta escrevendo seu longa metragem, adora fumar maconha e beija meninos e meninas.

O nosso futuro médico sonha em se casar e ter filhos com a jovem roteirista. Ela não. Um belo dia, surge uma discussão entre eles. Ele acaba a sequestrando. Para manter sob seu domínio, ele começa a dopala com morfina injetável.

Poderíamos chamar isso de um filme de suspense mas é uma peça de teatro. Adaptada do romance de Raphael Montes, a peça mostra uma relação doentia do sequestrador sobre sua "amada". De abuso em abuso, ele acredita estar fazendo a coisa certa privando a jovem da maconha e de uma vida desenfreada. O que acontece na sequencia são fatos aterrorizantes que prendem o espectador na cadeira. O final da peça cabe você decidir se é feliz ou não. 

De fato, uma coisa que me chamou a atenção é que o autor assim como o diretor da peça César Baptista exploram o lado humano entre o sequestrador e a sequestrada. Um acredita estar fazendo bem a ela.  Já a menina acredita em uma vida sem limites.

 O elenco é nota 10. O trabalho de todos os atores na trama esta muito bonito.

A peça Dias Perfeitos eta em cartaz de sexta à sábado 20:30 e domingo 19:30 no Teatro da Cândido Mendes em Ipanema.  Vai até o final do mês de maio. Portanto, atenção!

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Niguém entra. Ninguém sai

Hsu Chien nos brinda com uma comédia imperdível.

Tudo pode acontecer quando um ladrão faz refém uma solteirona virgem em um motel. Quando Um casal de adolescentes tenta perder a virgindade em um motel. Quando um motoboy tem que gastar uma fortuna em um motel para satisfazer sua namorada. Quando uma ricaça vai transar com seu segurança em um motel. As confusões não param aqui! Um terrível vírus é descoberto em um motel onde todos esses personagens estão presentes. Todos estão em quarentena. Portanto: Ninguém entra, ninguém sai.

O Filme é imperdível. Além das estrelas que nos fazem rir na internet, no teatro e na tv, o filme é uma homenagem a um dos maiores artistas de quadrinhos de todos os tempos: Carlos Zéfiro. Não é a toa que o motel se chama Zéfiros. Por muitos anos, Carlos Zéfiro escreveu histórias em quadrinhos eróticos.  Seus traços são uma marca viva e suas histórias são imperdíveis. Independente de você gostar de histórias eróticas ou não, leia Carlos Zéfiro.



Elenco: Rafael Infante, Letícia Lima, Guta Stresser, Daniele Winitis, Gabriel Totoro, Breno Augusto, Mariana Santos e grande elenco.


sexta-feira, 5 de maio de 2017

A Indústria do Entretenimento nos dias de hoje. Workshop no Rampa.



No último dia 4 de maio, Rodrigo Gallo repetiu o sucesso do workshop sobre o Show Business. Resultado da monografia de MBA de Gestão de Recursos Humanos, O workshop mesmo com pouca gente foi muito bom. Todos tiraram suas dúvidas e assistiram ao curta Ofélia na Praia.

Uma coisa que me chama a atenção foi o que Marianne Salamanca falou em relação ao tema. Os movimentos independentes são a esperança para a saída da crise em nosso estado do Rio de Janeiro.

Desde já agradeço à todos pela participação.


 


quarta-feira, 3 de maio de 2017

Novos teatros do Rio de Janeiro


Apesar dessa crise toda no estado do Rio de janeiro, finalmente, uma boa notícia!

3 palcos de teatro forma inaugurados recentemente no Rio de Janeiro. Os teatros Casa de Baco, Teatro do Saara e Theatro Bangu Shopping vieram para dar alegria para todos os cariocas. Eles para esse mês de maio já tem peças de teatro. Vocês irão ver agora.

CASA DE BACO
Endereço: Rua da Lapa, 243 – Centro | Contato: 3796-6191.
Capacidade: 30 a 200 lugares | Destaque em maio: “Para Onde Ir”, com Yashar Zambuzzi.
Descrito como um “espaço de convivência artística”, ele inaugurou com uma programação de shows e espetáculos teatrais, além de cursos, bar e gafieira – esta última com entrada franca. Para as peças, os ingressos têm custado R$ 30. Para os shows, chegam no máximo a R$ 40. Em maio, a casa recebe “E o Mar Já Não Existe”, sobre a violência contra a mulher, segundas e terças às 19h; e “Para Onde Ir”, inspirado em “Crime e Castigo” de Dostoiévski, de sexta a domingo às 19h30.
TEATRO DO SAARA
Endereço: Largo de São Francisco, 19 – Centro. | Contato: 98035-8777.
Capacidade: 40 lugares. Destaque em maio: “Sobre os ombros dourados da felicidade”, gratuito.
Dentro do maior centro de comércio popular do Rio de Janeiro, um sobrado do século XIX parcialmente destruído tornou-se teatro. O diferencial é sua programação vespertina. São peças curtas de até 25 minutos, apresentadas sempre às 12h30, 13h30 e 14h30. Elas podem ser de drama, comédia, tragédia, suspense, etc. Os ingressos são muito acessíveis: apenas R$ 3. Três reais! Além disso, há opções para a manhã – o infantil “Redondinhas”, sábados às 11h (R$ 20) – e para a noite – com teatro-show “Sobre os Ombros da Felicidade (Punk Modo On)”, quintas e sextas às 18h30 (gratuito).
THEATRO BANGU SHOPPING
Endereço: Rua Fonseca, 240 – Bangu | Contato: 2143-6012.
Capacidade: 574 lugares. Destaque em maio: “Uma Shirley Qualquer”, com Susana Vieira.
Do mesmo responsável pelo Theatro Net Rio, o teatro com th do Bangu se tornou uma opção cultural na Zona Oeste. O local tem recebido, desde janeiro, uma programação mais voltada para a comédia e o infantil, mas o gestor avisa que grandes musicais também estão a caminho. “O Musical Mamonas” está acertado. Os preços são mais elevados e chegam a R$ 80.
Agora só me resta escolher o teatro que eu queira visitar. 

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Homenageados do mês de maio: Natasha Corbelino e Breno Sanches






Nada mais justo que homenagear dois artistas da arte de guerrilha. Natasha Coberlino e Breno Sanches são os homenageados desse mês. No mês retrasado, eles fizeram o evento Que Legado. Portanto, são dois verdadeiros heróis na luta por uma cultura de qualidade no estado do Rio de Janeiro.

Sei que a homenagem esta atrasada mas antes tarde do que nunca. Por isso, escrevo nestas linhas, meu respeito e meu orgulho de ser um parceiro deles. A Bauhaus Cultural sempre estará de portas abertas para vocês

Breno Sanches é ator e diretor de peças. Ele dirigiu Natasha em uma pequena peça de nome Dante ao qual esta peça foi encenada durante o evento Que Legado. Aqui Breno esta em cena no coletivo  Clube da Cena. Também atua no Cia Milongas de Teatro. Ao lado esta a fonte da foto. http://clubedacena.wixsite.com







Natasha Coberlino é atriz e produtora do site a Cena da Cidade. Esta foto é uma das apresentações dessa atriz. As Três irmãs de Anton Tchaikov encenada no Casarão Austregésilo de Athayde no Cosme Velho. Paula Sandroni esta com ela na foto. Esta peça foi vista pela Bauhaus Cultural.

















Foto Oficial de As Três Irmãs. 

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Um dia na Paulista


Pois é meus caros. Poderia dizer que foi um passeio no parque mas foi mais que isso. Foi um passeio na Avenida Paulista. Começando com um passeio em dois parques. Um no Parque Mário Covas e o outro no Parque Trianon (foto). Sim meus caros, pode se respirar ar puro aqui.

Depois, tudo acompanhar no Centro Cultural da Fiesp, pude ver além de um pequeno recital, três mostras.  Uma dedicada ao La Mínima.  Este grupo trabalha teatro e circo, onde um dos fundadores foi o ator Domingos Montaigner. Este falecido em 2016.





pequeno recital.

A segunda  mostra é dedicada ao fotógrafo Cartier Bresson. Suas fotos mostrava sem pudores o cotidiano de pessoas comuns que vai de prostitutas  e casais fazendo sexo. A terceira é dedicada a arte contemporânea e ganhou o nome de Construções Sensíveis (foto antes do recital). Você pode se deliciar com a arte de Lígia Clark, além de Gustavo Pérez Monzon. 

Na Casa das Rosas, De onde se vê um belíssimo trabalho do KOBRA, acontece a mostra sobre o poeta concretista Haroldo de Campos. A criatividade deste artista das palavras é maravilhosa.  A casa é bastante interativa unindo o antigo e o novo.


GOSTOU? ENTÃO VENHA PARA SÃO PAULO.


quarta-feira, 26 de abril de 2017

NASA AO VIVO [ ESTAÇÃO ESPACIAL ]

Direto do espaço



O que mais gosto desses vídeos é que eles mostram o espaço. A Nasa fez do youtube, uma janela para o espaço. Através de seu canal, podemos ver o espaço ao vivo e a cores.



Vi outros vídeos maravilhosos como esse. Eles são emocionantes. Mas devo confessar: nosso planeta é o mais bonito



"A Terra é azul."



Yuri Gagaren



https://www.youtube.com/channel/UCNByV9BUa6Za3uuF2THEWCw

terça-feira, 25 de abril de 2017

Perto do Coração Selvagem

A imagem pode conter: texto

Andreia Burle é Joana, Camila Rosa Lins é Joana, Daniela Salles Abreu é Joana, Júlia Costa é Joana, Júlia Horta é Joana, Michele Ribeiro é Joana, Monique Houat é Joana, Renata Caldas é Joana e Marianna Lobo é Joana.

Várias atrizes maravilhosas interpretando uma única mulher. Personagem de Clarice Linspector do livro Perto do Coração Selvagem, Joana é uma mulher cheia de sonhos, cheia de perdas e cheia de decepções. A adaptação fica a cargo de Delson Antunes que também faz a direção da peça. Dirigir várias atrizes fazendo um único personagem não é uma tarefa fácil. Mas eu posso tirar meu chapéu, é bonito de se ver.

Os atores são apenas 3: Rodrigo Candelot, Ronan de Andrade Horta e Pedro Gosende. Esses são coadjuvantes dessas várias Joanas que cercam o teatro por todos o lados.

Perto do Coração Selvagem é uma peça muito atual. Ainda se discute qual é o papel da mulher na sociedade. Foi se o dia que ela apensa era uma Dona de Casa. Hoje, a mulher pode ser muitas incluindo várias Joanas.

A peça esta no Teatro Café Pequeno de sexta à domingo 20 horas.



segunda-feira, 24 de abril de 2017

Sobre Mentiras e Segredos

A imagem pode conter: 7 pessoas, texto


Os Ciclomáticos Cia de Teatro estão com tudo. Depois do sucesso de Ribamar Ribeiro no workshop ator autoral no Teatro Café Pequeno, ele juntamente com seu grupo esta no Teatro Dulcina e no Teatro Glauce Rocha. Todos eles, localizados no Centro da Cidade, Rio de Janeiro.












Foto do workshop na qual participei.


A peça que vi este fim de semana se chama Sobre Mentiras e Segredos. A peça conta a história de uma jovem de 14 anos que fica grávida misteriosamente. O pai da menina fica furioso e quer saber quem foi o cretino que a violou já que sua caçula não conhece homem algum.

O elenco esta afinadíssimo e faz uma peça maravilhosa! Todos forma muito bem dirigidos por Ribamar. Essa é sua chance de conhecer o Teatro Dulcina que por sinal esta lindo.

Ribamar Ribeiro assina a direção e o roteiro.  Sobre Mentiras e Segredos esta em cartaz no teatro Dulcina, sextas,sábados e domingos 20 horas.  

A FARRA DO BOI BUMBA

Uma outra peça do grupo esta em cartaz no Glauce Rocha. Sábados e Domingos, 20 horas.

terça-feira, 18 de abril de 2017

I Encontro de usuários da Wix Rio de Janeiro

A Bauhaus Cultural esteve no I Encontro da Wix Rio de Janeiro. Foi uma experiência sensacional! Conheci pessoas maravilhosas incluindo os embaixadores aqui no Rio de Janeiro. São eles: Julia Gravano (vídeo) e Felipe Lobo. Julia Gravano é designer e criadora da Made in Jota. Já Felipe é dono da produtora Boca do Lobo. Ambos são embaixadores da Wix Rio de Janeiro e deram dicas maravilhosas para mim que quer crescer como blogueiro e produtor.




Um dos momentos mais gostosos desse encontro foi a presença da tradicional Sorveteria Alex. Desde garoto, eu gosto muito dos sorvetes deles. Mesmo sendo uma loja tradicional aqui no Rio de Janeiro, a sorveteria não tinha um site. Foi através do Wix que eles conseguiram.


Desde já agradeço pelo convite e tenho certeza de uma coisa: não me arrependo de ter ido. Mais uma vez, isso vai crescer ainda mais no meu currículo. Incentivado pelo Wix, dei um up no meu site.

VALEU TURMA!!!!!!!!!!!!!!

https://rodrigongallo9.wixsite.com/home


Em sinal de agradecimento, coloco o link dos meus novos parceiros

https://www.madeinjota.com/

https://www.nabocadoloboproducoes.com/

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Plano Sobre Queda

A imagem pode conter: texto

Cléo é uma mulher que sabe que vai morrer, Isabela é uma garçonete que também trabalha como babá e Antônio, marido de Cléo, é um  homem que gastou 500 reais em um gramophone ( um toca discos antigo) que por sinal esta quebrado. Estes são os personagens da peça Plano sobre queda. Uma peça dirigida por Miwa Yanagizawa com texto de Emanuel Aragão. No elenco Breno Nina, Camila Márdila e Liliane Rovaris. 

A peça tem como tema central a morte de alguém. Cléo , personagem de Liliane Rovaris, tem 40 e poucos anos e descobre que vai morrer. A angústia dessa personagem é tanta que faltam palavras para os seus últimos momentos. Os desafios para falar isso para o marido bem como para a garçonete que virou babá da filha de Cléo.

A peça é uma lição de vida. Mostra a angústia do doente terminal que passa pela negação, a raiva e por último a aceitação.

Para quem quiser ver o trabalho desse grupo Áreas Coletivo de Arte, eles estão em cartaz no Teatro Poeirinha. Quintas e sábados às 21 horas e domingo às 19 horas. A peça vai até 28 de maio. 

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Top 10 de vilões da marvel que fizeram filmes cult


Depois do sucesso de heróis que fizeram filmes cult, chegou a vez dos vilões. Este é o top 10 de atores que fizeram os antagonistas da Marvel. 

1) Williem Dafoe. O Anticristo. 

Para mim o melhor filme feito pelo Duende Macabro. Ao lado Charlotte Gainsbourg, ambos fazem um casal que perdem o único filho em uma maneira trágica. O personagem de Williem irá tentar curar sua esposa já que este é um terapeuta respeitado.

2) Ben Kingsley. Ghandi

O vilão do filme Homem de Ferro III faz um dos mais belos filmes da história de Hollywood. Ele conta a história do lider passifista Marathima Ghandi. 

3) Jeff Bridges. Coração Louco

O Vilão do Primeiro Homem de Ferro é um cantor de música country que se apaixona por uma bela mãe solteira. O problema é que este artista é viciado em álcool. Cabe ele agora se livrar do vício para ficar com seu grande amor. Com esse filme, ele faturou o Oscar de Melhor Ator.

4) Mark Clarke Duncan. A espera de um milagre.

O Rei do Crime fez o inocente John Koffe que é condenado injustamente à cadeira elétrica. Poucos não sabem que ele tem o dom de curar as pessoas. Rendeu ao ator uma indicação para melhor Ator Coadjuvante.

5)  Alfred Molina. O Código Da Vinci

O Doutor Octopus fez este filme que é baseado no bestseller de Dan Brown. Como o Bispo Saragosa, ele pretendia destruir o Santo Graal.

6) January Jones. Simplesmente amor

A vilã  Emma Frost em X-men, primeira classe fez um dos mais belos filmes cult que te3m como tema O AMOR.No filme, atores como Liam Neeson, Rodrigo Santoro, Laura Linney, Ema Thompson e grande elenco abordam esse tema com absoluta maestria.

7) Kevin Bacon. Footloose

O clássico da década de 80 que foi a marca de Kevin Bacon O Sebastian Shaw de X-men, primeira classe não poderia estar de fora.  Além de ser um filme empolgante que convida todo mundo para dançar.


8)  Daniel Brühl. Adeus Lennin

O vilão Zemo de Capitão America, Guerra Civil conseguiu o estrelado graças a essa produção alemã que conta a história da reunificação da Alemanha através da comédia. Para não estressar sua mãe comunista, este bravo alemão irá contar uma mentira básica de que o comunismo não acabou.

9) Hugo Weaving. Trilogia do Senhor dos Anéis.

O Caveira Vermelha do Capitão América fez o elfo Elrond de O Senhor dos Anéis. Ele é quem  dá o nome a sociedade para aqueles que vão destruir o anel.

10) Zoë Kravitz. Animais Fantástico e onde habitam. 

O lindo filme com roteiro JK. Rowling da saga Harry Potter conta a história de um homem  que tem uma mala com animais fantásticos. Só que alguns desses animais fogem. a vilã Angel Salvade de X-men, primeira classe esta nesse divertido filme.


ATÉ A PRÓXIMA CAMARADAS!

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Orquestra Voadora Carnaval 2017: melhores momentos

Olha a Orquestra aí gente!



Para quem gosta da Orquestra Voadora como eu, vai adorar esse vídeo! Tenho a honra de ver dois amigos meus nesse vídeo: Higor Cabral e Sofia Kern. Misturando Samba e Rock 'n'roll, o vídeo é imperdível.



quem gosta de dançar, vai dançar as músicas dese grupo maravilhoso.

terça-feira, 11 de abril de 2017

PITANGA

O primeiro filme dirigido por Camila Pitanga. Com uma ajuda admirável de Beto Brant. Nossa atriz conta a história do seu pai Antônio Pitanga, um dos maiores atores brasileiros de todos os tempos. Nesta aventura como diretora, Camila mostra pessoas seu pai como ele é além de pessoas que contracenaram com Pitanga bem como os membros de sua família.

Neville D´Almeida, Benedita da Silva, Rocco Pitanga, Hugo Carvana, Chico Buarque de Hollanda, Caetano Velloso, Gilberto Gil e muitos outros falam de Antônio Pitanga mais do que como grande ator e sim falam dele como grande amigo, grande pai, grande avô e grande esposo.

Desde já convido todos vocês para assistirem Pitanga. Mais do que ver a história desse ator sensacional, é também ver a história do cinema brasileiro.


segunda-feira, 10 de abril de 2017

Nivea Viva apresenta Jorgen Ben Jor

JORGE BEN JOR CHEGOU PARA ANIMAR A FESTA!

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas em pé

No último domingo, A Bauhaus Cultural acompanhou  na praia de Ipanema o Show da Nivea 2017. Dessa vez, Nivea Viva homenageou o Rei do Balanço Jorge Ben Jor. Antes do show começar, os organizadores apresentaram uma cantora que venceu uma disputa de nova geração de cantores. Thais Macedo é a campeã com a música Borogodó. Seu vídeo foi muito bem recebido pelos praianos.



 Logo depois, a banda Skank e a cantora Céu esquentaram os tamborins para o nosso rei. Eles cantaram os grandes sucessos do querido Zé Pretinho. Ao anoitecer, surge Jorge Ben Jor. Sua eterna simpatia  fez com que seus fãs cantassem junto com ele.

Celebridades estiveram presentes ao evento como a atriz Cristiane Machado. Este é mais um dos muitos shows que serão exibidos pelo Brasil. O próximo será em Fortaleza no Ceará.

http://www.nivea.com.br/Experiencia/ext/pt-BR/niveavivajorgebenjor

quinta-feira, 6 de abril de 2017

top 10 diga não para pena de morte


Muitos são a favor de pena de morte no Brasil. Muitos querem que Bolsonaro seja presidente para aprovar essa medida. Novamente, contra o ultra conservadorismo, aqui vai o top 10 diga não para pena de morte.

1 )Dançando no escuro. Reino Unido e Dinamarca

Um filme dirigido por Lars Von Trier em que mostra uma jovem mãe ser condenada à pena de morte por um crime de assassinato. Toda a angústia dessa mulher é retratada em uma espécie de calvário. Vai desde o julgamento até a execução.

2) Os Últimos passos de um homem. Estados Unidos

O filme conta a história de dois homens que são condenados à morte por matarem um casal de namorados. Sean Penn e Susan Sarandon são os protagonistas desse filme que é inspirado no caso real de uma freia que acompanha os últimos passos de um dos condenados pelo massacre.

3) Os Inconfidentes. Brasil

Esse clássico do cinema brasileiro mostra os últimos passos de Joaquim José da Silva Xavier, O Tiradentes. Este home foi condenado por conspiração contra a Coroa Portuguesa. O personagem do famoso inconfidente é vivido por José Wilker. 

4) Uma mulher contra Hitler. Alemanha

A comovente história do grupo Rosa Branca o qual  pedia o fim da guerra. O que acontece é que todos eles forma decapitados a mando do próprio Adolf Hitler. 

5) Joana D´arc. França e Inglaterra

O Filme dirigido por Luc Besson conta a história de Santa Joana D´arc que comandou os franceses na expulsão dos ingleses da França. Capturada, ela foi condenada a morte na fogueira. 500 anos depois de seu martírio, ela foi canonizada santa.

6) A Paixão de Cristo. Estados Unidos

Dirigido por Mel Gibson, o filme conta as últimas horas de Jesus Cristo. Vai desde seu julgamento injusto até sua crucificação na cruz. Jim Caviezel faz o papel do filho de Deus.

7) A Espera de um milagre. Estados Unidos

O filme é baseado no bestseller de Stephen King. Conta a história do sacrifício do pobre negro John Koffe que foi acusado injustamente de matar duas meninas brancas.

8) Henrique V. Inglaterra

O filme é inspirado na peça de William Shakespeare. Em uma das cenas, mostra o enforcamento de um homem acusado de roubo. Olha que o jovem rei manda enforcar seu melhor amigo.


9) Silêncio. Estados Unidos e Japão

O filme conta a história de dois jovens jesuítas que vão para o Japão afim de desvendar o mistério do desaparecimento de seu mestre. O filme mostra o martírio de japoneses convertidos ao cristianismo que vai desde afogamento até a crucificação.

10) Danton, O processo da revolução. França, Alemanha e Polônia

Gerard Depardieu é o protagonista desse clássico que conta a história do revolucionário Danton e sua condenação à guilhotina. O filme volta ao nosso top 10 para chamar a atenção desse tipo de pena que para mim é um grande erro.


VEJA OS FILMES E  

DIGA NÃO PARA A PENA DE MORTE!

ATÉ A PRÓXIMA CAMARADAS

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Um novo dia para meu workshop



Depois de muita insistência de pessoas que queriam que eu voltasse a dar o meu workshop, surge um novo dia e um novo lugar. Dessa vez é o Rampa Lugar de Criação.




Irei ministrar um workshop sobre o Show business. Ele foi tema da minha monografia de MBA em Gestão de Recursos Humanos.

Temas que serão abordados:
• Breve Histórico do Show business
• Qualidade de vida do trabalhador
• O Ciclo de Gerenciamento
• O Jeito Disney de receber os Clientes
• O Networking e a Indústria do Entretenimento

No final do workshop irei apresentar um curta metragem. O Valor será simbólico com o passe do chapéu como fazem os saltimbancos. Quem precisar de certificado por favor entrar em contato comigo pelo email: rodrigongallo@yahoo.com.br

Anotem aí dia 4 de maio. 20 horas.



Importante: O número de participantes é limitado. Portanto confirmem o mais rápido possível.


https://www.facebook.com/events/611204082420980/?active_tab=about


Neste vídeo estão alguns trechos do meu primeiro workshop no Centro Musical Antônio Adolfo realizado no ano passado.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

A Glória e a Graça

Duas irmãs bem diferentes. Porém, com um terrível drama. Graça é uma irã que descobriu que tem uma doença  terminal. Ele pede ajuda ao seu irmão que hoje é ela e se chama Glória. As duas irão ter um acerto de contas. Porém vão descobrir o valor de serem irmãs.

Carolina Ferraz e Sandra Coverloni estão nesse drama dirigido por Flávio Ramos Tambellini. Neste longa um dos temas abordados é a transexualidade, a morte e por fim a amizade. Ambas as atrizes trabalham bem. O que deve se notar é que para esse papel Carolina Ferraz teve que botar uma prótese na boca além de engordar e e engrossara voz. Sem dúvida é um trabalho muito interessante que Carolina fez. Praticamente, ela teve que ser um "homem".

Tenho que admitir que as duas atrizes são bastante corajosas em fazer esse filme. Ele chama bastante a atenção em certos temas que ainda são um tabu. Porém, dentro do próprio roteiro assim como o filme são bastante fracos.

Este é um pequeno texto do Adoro Cinema que vale a pena refletir. Ele foi escrito por Bruno Carmelo. Em muita coisa, devo concordar com ele. Olha o que ele escreve:

Segundo Carmello (2017) : "A construção superficial de personagens prejudica a verossimilhança na trama. O único motivo para Graça procurar a irmã com quem perdeu contato há 15 anos é o fato de não ter mais ninguém para cuidar de suas crianças, mas logo se descobre a existência de uma amiga próxima, descrita como “quase uma irmã”, que mora ao lado e conhece as crianças muito bem. O bullying caricatural sofrido por Papoula na escola parece extraído de comédias como Meninas Malvadas, e a ínfima importância dada a uma atriz coadjuvante transexual deixa a impressão amarga de que a personagem integra o elenco apenas por cota de representatividade, apesar do bom trabalho da atriz.

A direção de fotografia chama a atenção. Talvez a equipe tenha decidido que Graça pratica a cromoterapia, mas o lar onde se passa grande parte da trama remete a um buffet infantil: a cozinha tem luzes verdes profundas, um quarto é totalmente amarelo, o outro é azulado, o corredor tem luzes vermelhas... Mesmo nas cenas externas, alguns efeitos aquáticos e as cores extremamente saturadas dão a impressão de estarmos num universo fantástico, edulcorado, muito distante das dificuldades palpáveis de se enfrentar uma doença ou o preconceito social.

Tambellini filma suas cenas multicoloridas com os enquadramentos mais fechados possíveis, tendo como limite os rostos das duas atrizes. A estética claustrofóbica impede que os espaços importantes da casa, da escola e do próprio Rio de Janeiro exerçam uma influência na tristeza e na solidão das duas mulheres. Quando Glória e Papoula encontram um novo amor – solução fácil para sugerir um final feliz – a câmera se limita aos planos de conjunto, com ambos lado a lado, nos terços exatos do quadro. A rigidez das imagens transparece a falta de criatividade da mise en scène.

A representatividade, sim, merece ser questionada no projeto. A cada novo filme sobre transexuais ou travestis interpretadas por atores e atrizes cis, perde-se uma nova oportunidade de dar protagonismo a estas figuras marginalizadas. Se a intenção é defender a inclusão social, por que não começar com o próprio elenco? Por mais que Carolina Ferraz efetue um trabalho competente – e que Jeffrey Tambor, em Transparent, ou Jared Leto em Clube de Compras Dallas tenham se saído muito bem como mulheres – ressente-se a falta de os projetos botarem em prática o discurso que defendem. A prótese na boca de Carolina Ferraz, para parecer mais masculina, incomoda pela necessidade de relembrar que ela nasceu com corpo diferente. Por que é tão importante insistir na diferença entre “aparência de mulher” e “aparência de homem”?

Outro aspecto do respeito à identidade de gênero incomoda em A Glória e a Graça. A travesti ouve da irmã alguns dos piores preconceitos – sugerindo que ela tenta “empurrar goela abaixo” sua identidade, ou que vai educar um garoto como se fosse mulher – mas a personagem nunca responde às acusações, e o roteiro simplesmente as ignora. Glória precisa repetir o tempo inteiro que é honesta e trabalhadora, como se fosse uma espécie de compensação por ser travesti. O discurso “travesti, porém trabalhadora” é análogo ao preconceituoso “pobre, porém honesto”. A crítica à prostituição também mereceria maior aprofundamento: o roteiro sugere que as moças venderiam seus corpos não pela falta de oportunidades, mas por uma espécie de carência afetiva ou instabilidade emocional."

Decidi por uma parte da crítica de Bruno porque ele chama muito a atenção nos pontos do filme que poderiam ser trabalhados com mais profundidade. Se você quiser ver a crítica aí vai o link: 


Bem, mas se você gosta de chorar e gosta de um drama, A Glória e a Graça é para você. 





sábado, 1 de abril de 2017

Homenageado do mês de abril: Mariozinho Telles

Nenhum texto alternativo automático disponível.

No ultimo mês de março, o teatro carioca perdeu um dos nomes mais respeitados de todo o Brasil. Mariozinho Telles nos deixou vítima de um câncer. Apesar disso, ele deixou um legado que para sua viúva vai continuar: O Teatro de Roda.

Tive a oportunidade de ver uma peça desse grupo.Ela foi Romeu e Julieta o qual é uma peça escrita por William Shakespeare e encenada com maestria por eles. No elenco havia dois amigos meus: Léo Oliveira e Anita Terrana (foto). 





Esta é a foto da atriz em cena. Porém não é da peça Romeu e Julieta. Esta é a foto da peça a Prostituta Respeitosa de Jean Paul Sartre.





Eu decidi escrever esta homenagem à ele hoje e não no dia de sua morte para justamente dar a ele um lugar de destaque. Todo início de mês, faço uma homenagem para atores, diretores e produtores que fazem a arte acontecer. Mariozinho Telles terá seu nome estará sempre escrito nas estrelas.

VÁ EM PAZ MEU CARO

O TEATRO DE RODA VAI CONTINUAR!!!!!!!!!!!!!


quinta-feira, 30 de março de 2017

MULHERES SINCERAS NA CAMA 2 �� ft MAIRA MEDEIROS e CATIA DAMASCENO �� COMO...

Ai que delícia!



A Drelacionamentos mandou mais um vídeo imperdível Como seriam sinceras na cama 2 dá seguimento ao primeiro (este também posto aqui na Bauhaus Cultural). O vídeo é muito divertido e tem duas participações de peço: Maira Medeiros e Catia Damasceno. Ambas roubam a cena e fazem a gente morrer de rir.



Maira Medeiros é atriz e youtuber do Nunca te pedi nada. Ela faz uma ponta bem engraçada neste vídeo.




Catia Damasceno é especialista em estudos do feminismo. Formada em Fisioterapia, ela dá dicas para as mulheres terem uma vida sexual saudável. Nossa segunda heroína também faz um vídeo muito interessante co  este mesmo grupo.



quarta-feira, 29 de março de 2017

Redemunho

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Esta em cartaz na Casa de Cultura Laura Alvim a peça Redemunho. Uma peça inspirada nos contos do autor Ronaldo Correa de Brito. O resultado é uma direção sensacional de Anderson Aragón e um elenco afinadíssimo como Alexandre Dantas, Ana Cabartti e Cláudia Ventura. 

Dramas e comédias são o conteúdo desses textos que conta as histórias de um grupo de pessoas que tentam sobreviver a realidade dura da vida nordestina. Uma vida onde o machismo bem como a miséria são os temas centrais desta trama.

Se você quiser assistir esta peça, lembre-se de uma coisa: este é a última semana da peça. Sexta e Sábado 20 horas e Domingo 19 horas. Espaço Rogério Cardoso. 

terça-feira, 28 de março de 2017

RÉQUIEM PARA DOIS





"O espetáculo "Réquiem para Dois", da Cia de Intérpretes Independentes, de Manaus, tem como tema central a morte, indo na contramão ao pensamento do filósofo La Rochefoucauld, que afirmava que “Não se pode olhar de frente nem o Sol nem a morte, porque olhar o Sol ofusca a vista e encarar a morte perturba a vida”. O espetáculo foi criado sob o conceito de morte como parte de um ciclo temporal, em dissonância ao pensador francês acreditava que vida e morte se acham completamente separadas. O enfoque é a perda, não de quem vai, mas de quem fica."


As palavras do diretor e ator dançarino Ricardo Risuenho, são o resumo de uma única apresentação do espetáculo Requiém para dois. Um trabalho belíssimo da Cia de Intérpretes Independentes. Este grupo é oriundo de Manaus e esteve no Rio de Janeiro para um cilco de palestras e workshops ocorridos na Faculdade Escola Angel Vianna e na Universidade Candido Mendes


Foram dias maravilhosos de profundo enriquecimento tanto para os membros da companhia como para os alunos de ambas as faculdades.  


Ricardo e sua equipe trabalham MMS(Movimento de Membros Superiores) no qual foi um método desenvolvido pelo próprio artista que tem formação sólida em medicina. Para ajudar Ricardo Risuenho, a bailarina Ana Raphaella Costa ajudou nos exercícios bem como atua também no espetáculo Requiém.  


Na platéia, tivemos a presença ilustre da professora Angel Vianna no qual os bailarinos dedicaram o espetáculo à maestrina. 


Esta é uma imagem do que foi o final do workshop da companhia. 


segunda-feira, 27 de março de 2017

Que legado

A imagem pode conter: texto

Dois amigos:Natasha Corbelino e Breno Sanches. Um único objetivo: fazer arte.

O evento Que Legado é um pouco de tudo: dança, performance e teatro. Tudo dentro do Castelinho do Flamengo. No último sábado tive a oportunidade de ver este evento que tem como lema algo que aprendi no cultural e musica .com: POUCA GRANA NO BOLSO MAS MUITA VONTADE DE FAZER.

Nestas linhas, vou colocar o que vi e dar meu ponto de vista

PERFORMANCES

Tive a oportunidade de ver duas performances, Café e Don Quixote della Rua.  Na primeira performance, uma moça nos oferece café grátis. Enquanto bebemos o café, ela conta notícias da atualidade. Na segunda performance,  um homem se vestia de Don Quixote e a frente do castelinho gritava Dulcinéia! Minha amada. Nesta brincadeira, a minha sushi se tornou em uma Dulcinéia. Ciro Caseira foi o herói..opa, foi o performer.















  Oh Minha Dulcinéia! Onde estais....




TEATRO

Dante foi a peça dirigida por Breno Sanches e com atuação de Natasha Corbelino e Ricardo Martins. Os dois atores faziam o papel de um pai e de uma mãe do pequeno Dante. Eles são divorciados e sofrem com a crise no estado do Rio de Janeiro. Agora eu sei o chão que piso do Grupo Atiro. conta sobre o legado de uma sociedade onde a branquitude é claramente cultuada e a negritude expõe o indivíduo a inúmeras situações no limite de sobrevivência.

DANÇA

Acordo da Cia REC e de direção de Alice Ripoll apresenta uma dança bastante divertida e interativa. Vemos um grupo de homens dormindo e cada um explora o ambiente no plano baixo. Entre a vigília e o sono, cada um procura explorar o espaço.


VIDEO ARTE

Enquanto você espera uma performance e outra, um Video arte de nome Vídeopílulaslestra para um legado  conta histórias diferentes com um único tema:  Legado. Ana Abbott participa deste vídeo assim como muitos nomes importantes. São relatos que faz você pensar.

Estes são alguns das muitas performances. Vai até dia 9 de abril. sempre começando às 18 horas. Se você quer vir mais cedo, a partir das 14 horas tem palestras sobre este tema.

ENTRADA GRATUITA!


sexta-feira, 24 de março de 2017

Ponto de Vista - Teaser 1

saiu!



Depois de muito tempo em silêncio, o Nada Original lança o teaser do curta Ponto de Vista. O filme dirigido por Victor Soares mostra um assalto através do ponto de vista de cada um. Vai desde das vítimas até o assaltante.



A imagem pode conter: 3 pessoas



Este é o cartaz do curta. No elenco esta Bianca Fonseca, revelação da peça Quenga!Quenga!Quenga!


EM BREVE! NOS MELHORES FESTIVAIS DO BRASIL!

quinta-feira, 23 de março de 2017

Histórias de um Garrafeiro


Histórias de um homem que viu muitas vidas indo embora. Todas elas vítimas do álcool e das drogas. 

Este é o drama Histórias de um Garrafeiro. Este pobre homem conta histórias de sua juventude. Vai do conto dos seus irmãos até da descoberta de seu grande amor. Tantas histórias Em uma que poderia ser um livro mais é uma peça.  Uma peça que vai se tornar em uma mini-série.
A peça estrelada por Fábio Duarte e com participação especial de Vanessa Fontana,  é um alerta para os jovens que vão experimentar drogas ou para aqueles que vão querer tomar aquele primeiro porre. Muitos acham que o vício não vai fazer mal, mas o vício é uma doença.

A peça é um sucesso há  mais de 10 anos. O elenco e a produção nos brindaram com uma belíssima e única apresentação. Houve convidados ilustres que brindaram a sua presença.




Um ciclo termina mais um outro com certeza vai começar. Esperamos que a peça volte o mais rápido possível nos circuitos cariocas.  Mais uma vez parabéns para todos os envolvidos.

Rodrigo Gallo ao lado dos membros da produção da peça.